Manchas na pele, melasma, olheiras, pano branco ou marcas de acne: você sofre com algum desses problemas? Geralmente, quem se incomoda com esses detalhes tenta escondê-los, seja através da base com FPS ou protetor solar com cor. Mas a fim de garantir melhor proteção e uniformidade à pele, qual é o produto que mais vale a pena usar? Ambos funcionam da mesma forma? Para esclarecer o assunto, o DermaClub conversou com a dermatologista Tatiana Matos, de Salvador.

Protetor solar com cor ou base com FPS: é a mesma coisa?

A médica garante que não é a mesma coisa. “O protetor solar com cor, além de uniformizar a pele que possui imperfeições - como melasma, olheiras e marcas de acne -, ajuda a prevenir a região contra os impactos da radiação UV e da luz visível, presente em lâmpadas, celulares e monitores de computador”, explicou.

Já na base, mesmo contendo FPS, o valor do fator de proteção costuma ser muito baixo - chegando até 25. Por isso, o recomendado é não utilizar o produto sozinho e aplicar o filtro solar antes de começar a fazer a maquiagem.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Qual é o produto que mais vale a pena usar?

A Drª Tatiana dá a sugestão: “Indico usar o filtro solar com cor no lugar base para garantir mais praticidade e proteção no dia a dia”, afirmou. É importante que o produto tenha FPS 30, no mínimo, PPD a partir de 10 e que tenha o tom de base o mais próximo possível da cor de pele da pessoa que vai usar.

Saiba mais sobre filtro solar com cor:

Dermatologista:

Drª. Tatiana Nogueira Matos // CRM: BA16601

Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia/SBD, formada pela Universidade Federal da Bahia , realizou residência em clínica médica no Hospital Santo Antônio/ Ba e dermatologia na Universidade de Santo Amaro/ São Paulo. Atua na área de Dermatologia clínica, estética, cirúrgica e laser. Participa de todos os principais congressos nacionais e internacionais para estar sempre atualizada nos melhores tratamentos para seus pacientes.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.