Não há dúvidas: usar filtro solar diariamente é fundamental para proteger a pele dos danos da radiação UV. Além de causar vermelhidão e queimaduras, o sol também é o principal responsável pelo envelhecimento e câncer da pele. No entanto, mesmo com todas essas informações, muitas pessoas não têm o costume de aplicar o produto e, quando têm, usam apenas uma vez ao dia e se esquecem da reaplicação. Pensando nisso, o DermaClub convidou a dermatologista Paola Costa, de São Paulo, que explicou a importância de retocar o filtro ao longo do dia. Confira!

Quantas vezes por dia devemos aplicar o protetor?

Segundo a Dra. Paola, a aplicação deve ser feita algumas vezes ao longo do dia. “Sempre ao acordar e, pelo menos, mais uma vez na hora do almoço, se estiver em ambientes fechados. Em lugares abertos, a reaplicação deve ser feita a cada 2 ou 3 horas”, recomendou a médica, enfatizando que esta atitude deve se tornar um hábito.

Fique atenta: o FPS do produto tem influência no tempo de reaplicação

Quando usamos um filtro com o fator de proteção solar abaixo de 30, há mais chances de queimaduras, manchas e câncer de pele devido à alta incidência dos raios UVA e UVB. Por isso, é importante ter em mente que, quanto mais intensa for a exposição, maior deve ser o FPS. “Os produtos com fator de proteção mais altos são, de fato, mais eficazes. No entanto, ainda sim, é fundamental a reaplicação do dermocosmético ao longo do dia, a fim de garantir o efeito prolongado”, indicou a médica.

A quantidade ideal de protetor solar para cada área do corpo

De acordo com o Consenso Brasileiro de Fotoproteção da Sociedade Brasileira de Dermatologia, existe uma regra básica para aplicar corretamente o filtro solar em cada região do corpo, a fim de protegê-lo por inteiro. Acompanhe:

- Rosto, cabeça, pescoço, braço e antebraço: usar o equivalente a uma colher de chá em cada área;
- Tronco, coxas e pernas: a quantidade deve ser de duas colheres de chá.

Quanto tempo devemos aplicar o filtro antes da exposição ao sol?

O protetor deve ser passado sobre a pele cerca de 20 minutos antes da exposição solar. E, para maximizar a defesa contra os raios UV, a dermatologista recomendou algumas dicas que devem ser aproveitadas, especialmente, nos dias mais quentes. “Chegando na praia ou na piscina, reaplique mais uma camada; se permanecer ao sol, use novamente a cada 2 horas; caso tome banho de mar ou piscina, vale uma nova camada. Assim, a sua pele vai aproveitar melhor a eficiência do produto”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.