Muitas mulheres desejam se livrar dos pelos no buço e, por isso, optam pela depilação. No entanto, é importante conhecer as opções de métodos de remoção e escolher a melhor para você. Isso tudo porque a pele do rosto é mais sensível; assim, é fundamental alguns cuidados para evitar alergias e queimaduras. Pensando nisso, o DermaClub conversou com a dermatologista baiana Tatiana Matos, que entregou o caminho das pedras para um rosto livre de pelinhos. Confira!

Descubra a melhor forma para depilar o buço e a importância do uso de protetor solar

De acordo com a dermatologista, a depilação a laser é a melhor alternativa, por se tratar de uma forma menos traumática para a pele e que garante resultados por um tempo prolongado. A médica também explicou que o uso do filtro solar depois desse processo não deve ser descartado. “O protetor é indicado em todas as situações e para qualquer tipo de pele. Porém, reforçar o hábito após a depilação é essencial para evitar a hipercromia local - desenvolvimento de manchas”, explicou.

Os cuidados que você precisa tomar antes e depois da depilação

Segundo a Dra. Tatiana, os cuidados necessários variam de acordo com o tipo de depilação escolhido. “Antes da cera, por exemplo, deve-se sempre suspender o uso de ácidos, no mínimo três dias antes. Já para o pós-procedimento, costumo indicar produtos calmantes, como a água termal”, afirmou. Enquanto para a depilação com linha e cremes depilatórios, a médica contou que não é preciso ter cuidados especiais.

Depilação do buço: o escurecimento da pele e os tratamentos existentes para clarear a região

A médica afirma que a melhor maneira de clarear a região é utilizando produtos específicos - que variam conforme o tipo, cor e sensibilidade de cada pele. “Os mais indicados são dermocosméticos com vitamina C, ácido retinoico, ácido kójico, arbutin e hidroquinona”, revelou a Dra. Tatiana.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.