Manter uma pele com visual jovem por mais tempo é o objetivo de muitos, mas, com o passar dos anos, é inevitável que haja o surgimento de rugas, além da perda de tônus e elasticidade. Outra característica comum é a diminuição do volume facial, sabia? Pensando nisso, o DermaClub conversou com a dermatologista Christiane Gonzaga para entender melhor as causas, os efeitos e como combater a perda de volume com ajuda de um ativo especial: o ácido hialurônico. Confira!

Entenda o que é o volume da pele

“Durante a juventude, pode-se representar a distribuição do volume do rosto como um triângulo invertido. Nesta fase, as maçãs do rosto são mais altas e a linha do queixo e mandíbula bem definida”, explicou a dermatologista. À medida que ocorre o processo de envelhecimento, há uma inversão na figura do triângulo, que atinge sua posição normal, com a base para baixo, demonstrando perda de volume. Assim, podemos perceber que os cantos da boca ficam mais virados para baixo, a mandíbula mais ampla e as bochechas mais caídas.

Você sabe o que causa a perda do volume facial?

Duas substâncias são essenciais para o volume da pele: o ácido hialurônico e o colágeno. A partir de 25 anos ocorre uma queda natural em ambas as produções, ocasionando o surgimento de rugas, perda de tônus e elasticidade. “Outros processos podem levar ao envelhecimento da pele, como: alterações hormonais, exposição demasiada aos raios solares sem proteção adequada e hábitos nocivos para a saúde da pele - como fumar e manter uma alimentação rica em gorduras e açúcares e pobre em nutrientes e vitaminas”, adicionou.

Saiba qual é o impacto que o envelhecimento causa no volume da pele

Com o envelhecimento, alguns sinais se tornam mais visíveis, como as maçãs do rosto mais caídas e rugas proeminentes, especialmente nas áreas ao redor dos olhos e ao redor dos lábios. Também é comum que as olheiras se tornem mais profundas e com bolsas, conferindo, em geral, um visual mais cansado.

Qual o papel do ácido hialurônico no volume da pele do rosto?

O ácido hialurônico é uma substância naturalmente produzida em nosso organismo, que atua preenchendo o espaço entre as células da derme, mantendo a pele lisa, elástica e hidratada. Entretanto, sua concentração tende a diminuir à medida que envelhecemos, causando o surgimento de rugas e marcas de expressão. Sendo assim, a médica explica que “como o ácido hialurônico está presente no organismo, a substância utilizada no preenchimento acaba sendo absorvida e, por isso, garante resultados mais naturais que outros procedimentos”.

Quais são os tratamentos indicados para recuperar o volume da pele?

Para recuperar o volume facial, “preenchimentos com ácido hialurônico, ácido polilático - que estimula a produção de colágeno na pele -, e até a lipoenxertia - procedimento que devolve o volume a partir do enxerto de gordura do próprio corpo - são algumas alternativas”, disse a Dra. Christiane, além de dermocosméticos com ativos capazes de estimular a produção natural de ácido hialurônico e de inibir sua degradação, por exemplo, indicados por um dermatologista para cada paciente.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.