Você usa protetor solar todos os dias? Manter esse cuidado para proteger a pele contra os danos dos raios solares é muito importante para preservar a região longe das manchas de melasma, das queimaduras e do melanoma. Quem tem uma tatuagem deve ter esse cuidado redobrado. Neste caso, qual é o melhor produto e qual deve ser o melhor FPS? O DermaClub esclarece essas e outras dúvidas para você!

Qual é o protetor solar ideal para a pele com tatuagem?

É importante apostar em um produto com FPS alto - acima de 50 - para garantir máxima proteção e evitar qualquer problema na região, como queimaduras e o desbotamento do desenho da tatuagem. Muitos desses filtros têm uma textura mais consistente, formando, muitas vezes uma leve camada esbranquiçada na pele, chamada de white cast. Por outro lado, atualmente existem várias fórmulas bem leves e com toque limpo, que não deixam qualquer resíduo. Mas atenção: se você acabou de fazer a sua tatuagem, evite se expor ao sol. Espere cerca de 15 dias até que a região fique bem cicatrizada.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Devo aplicar um protetor com FPS diferente na pele?

Pode sim, se você preferir deste modo. Mas para garantir uma proteção mais eficiente para toda a pele, é melhor dar preferência aos filtros com FPS 50 ou superior, principalmente antes de tomar banho de sol. Por isso, 30 minutos antes de pegar sol, aplique uma camada generosa de protetor sobre a área tatuada e, em seguida, no corpo todo.

Devo reaplicar o produto mais vezes?

Para aumentar a defesa contra os raios UV na pele tatuada, a reaplicação deve ser bem regrada. Portanto, ao chegar na praia ou na piscina, reaplique mais uma camada do filtro na região; se permanecer ao sol, use novamente a cada 2 horas; caso tome banho de mar ou piscina, vale uma nova camada.