Apesar de ser uma tarefa muito comum no dia a dia do homem, o ato de barbear pode causar desconforto na pele. O procedimento é, geralmente, realizado na parte da manhã, logo após o despertar, e o sono pode acabar deixando alguns detalhes passarem despercebidos. Pensando nisso, o DermaClub separou 8 erros mais comuns cometidos nessa hora para você evitar e garantir a saúde da face.

1) Não esqueça de umedecer sempre o rosto: é comum molhar o rosto apenas no início do procedimento, mas o ideal é estar sempre umedecendo a região que entrará em contato com a lâmina. “Deve-se usar água morna ou quente, pois abre os poros”, indicou a dermatologista Tatiana Matos, de Salvador, na Bahia. Uma boa opção para não esquecer é deixar uma toalha úmida próxima e ir colocando-a no rosto conforme o desenrolar do barbear.

2) A lâmina deve ser usada na direção de crescimento do pelo: um dos momentos que mais gera dúvida e discussão é o sentido em que a lâmina remove o pelo. “Deve ser sempre no sentido do crescimento dos fios e com o menor número de passadas do aparelho!”, indicou a médica. É importante conhecer a sua barba: passe os dedos pela face para saber onde os pelos mudam o sentido do crescimento.

3) Pesquise os produtos antes de comprar: nem todos os homens se preocupam com o que estão comprando, entrando em alguma loja e pegando o produto mais barato. Porém, em alguns casos, o barato pode sair muito caro. Invista em lâminas e barbeadores de boa qualidade para diminuir o risco de irritações na região.

4) Entenda a função de cada aparelho: máquinas, barbeadores e lâminas não possuem a mesma função. Enquanto a última é ideal para remover os pelos, as demais são indicadas para diminuir o tamanho dos fios.

5) Use as mãos para auxiliar o procedimento: estique a pele com a mão que está livre, isso vai deixar mais claro onde a lâmina está passando e deixar poros e pelos em evidência.

7) Troque a lâmina com frequência: além de remover os pelos do aparelho a cada passada, é importante utilizar lâminas sempre novas. Dra. Tatiana Matos indicou o uso de, no máximo, três barbeadas para cada equipamento.

8) Saiba quais são as necessidades da sua pele: este é um detalhe muito importante na hora de escolher os produtos que irá usar, como a espuma de barbear, a loção pós-barba, o hidratante e até o filtro solar. Usar os produtos adequados diminuem os riscos de irritação e foliculite.

Aposte nos produtos certos, corrija os erros e conquiste o rosto lisinho depois do barbear. Para acertar no que usar durante o procedimento e no dia a dia, consulte um médico da Sociedade Brasileira de Dermatologia!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.