Não há como negar o envelhecimento da pele: com o passar do tempo, as rugas e as linhas de expressão vão aparecendo no rosto, assim como a flacidez e a textura irregular. Embora o melhor caminho seja a prevenção - com o uso de antioxidantes e proteção solar - é importante saber em que tratamentos apostar quando os sinais da idade já estão instalados. É o caso do ácido glicólico, que favorece a renovação celular e ajuda uniformizar a região, minimizando as rugas. Para ficar por dentro, o DermaClub explica qual é a função desse ativo no combate ao envelhecimento da pele. Confira!

Renovação celular, melhora da textura da pele e ação contra rugas: conheça os benefícios do ácido glicólico

Originário da cana de açúcar, o ácido glicólico é considerado um alfa-hidroxiácido (AHA), e tem a capacidade de promover um efeito renovador à pele. A substância ajuda a melhorar a textura do rosto, minimizar rugas e marcas de acne. Desta forma, o ativo é muito utilizado em tratamentos que proporcionam o rejuvenescimento da pele - tanto sob a forma de peeling, em consultório, quanto através do cuidado com dermocosméticos no dia a dia.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como o ácido glicólico pode ser usado para tratar rugas e linhas de expressão?

Produtos com ácido glicólico podem ser aplicados em casa, desde que sejam recomendados pelo dermatologista e usados em concentrações permitidas para dermocosméticos. Como referido acima, o ingrediente é encontrado em uma maior concentração nos procedimentos clínicos, como peelings - destinados a fazer uma renovação celular mais intensa e abrasiva.

Cuidados ao usar dermocosméticos com ácido glicólico

Embora seja uma substância indicada pelos dermatologistas, o uso ácido glicólico precisa ter alguns cuidados: o ativo deve ser utilizado com cautela em peles sensíveis, pois pode causar ardência e vermelhidão; também é recomendável suspender o uso de cremes com substâncias irritantes; e, pela manhã, durante o tratamento, sempre aplicar um filtro solar físico no rosto, que é ideal para peles sensíveis e sensibilizadas.