As rugas são consideradas um dos primeiros sinais do envelhecimento da pele. Essas linhas podem aparecer em várias regiões do rosto, principalmente no canto dos olhos, os chamados pés de galinha. Se você ainda não possui essas marcas ou está começando a apresentar os sinais, o mais indicado é começar a usar um dermocosmético antirrugas para a área dos olhos. O DermaClub conversou com a dermatologista Tatiana Matos, de Salvador, que explicou a importância de incluir esse produto na sua rotina de cuidados com a pele.

Como surgem as rugas ao redor dos olhos?

O envelhecimento da pele é um processo inevitável. Porém, com alguns descuidos, ele pode surgir de maneira precoce, com os primeiros sinais aparecendo no rosto: as rugas. Uma série de fatores é responsável por esse efeito, entre eles: a radiação solar, o excesso de radicais livres - moléculas instáveis altamente reativas que danificam as células saudáveis e atrapalham o funcionamento normal da pele -, poluição, má alimentação e até mesmo o alto estímulo da musculatura local (movimentos repetitivos, como sorrir, por exemplo).

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como prevenir rugas como os pés de galinha? A importância de um antirrugas para os olhos

De acordo com a Dra. Tatiana, o primeiro passo para prevenir o surgimento precoce de rugas ao redor dos olhos é adotar um estilo de vida saudável, com alimentação balanceada, ingestão correta de água, além de evitar episódios de ansiedade e estresse. Em segundo lugar, vem os cuidados que devemos ter com a pele, como o uso de um creme para essa região: “Eles ajudam a diminuir a formação de radicais livres, hidratar a pele e estimular a formação de colágeno e elastina”, esclareceu.

O antirrugas também ajuda a amenizar as rugas já existentes

A dermatologista afirma que além de prevenir, o antirrugas também ajuda a diminuir o aspecto visual das rugas e linhas de expressão nos olhos. O dermocosmético também pode ser associado aos procedimentos feitos no consultório. “Os mais indicados são aqueles dermocosméticos com ativos como ácido hialurônico, vitamina C e vitamina E e retinol”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.