Muitas pessoas recorrem a procedimentos estéticos feitos junto ao dermatologista para manter a pele bonita e saudável, no entanto, essa região tão importante é muito sensível e, para garantir um melhor resultado nos tratamentos, alguns cuidados antes e depois são necessários. O DermaClub conversou com a dermatologista Juliana Jordão, de Curitiba, que concedeu suas principais dicas sobre o assunto. Acompanhe!

Prepare a pele para realizar peelings e lasers

Peelings e lasers são duas das opções mais escolhidas por quem deseja cuidar da pele, no entanto, os cuidados devem começar antes de iniciar os procedimentos. “No caso de peelings para manchas e lasers de rejuvenescimento, indico o uso de cremes clareadores em associação com ácido retinóico para melhores resultados. Para o laser CO2 se faz necessário, ainda, o uso de medicação via oral para herpes (efeito colateral), iniciada um dia antes mesmo em pacientes que não possuam história de infecção prévia”, explicou, indicando fazer sempre uma avaliação junto ao seu dermatologista, que indicará o preparo adequado para a cútis.

Quais os principais cuidados para a pele sensibilizada no pós-tratamento?

“Aposte no uso de sabonetes neutros nos primeiros dias, além de cremes cicatrizantes, e evite a exposição ao sol sem proteção por dois meses, preferindo filtros próprios para cútis sensíveis no primeiro momento”, recomendou. Além disso, a dermatologista indica compressas geladas de chá de camomila, que ajudam na redução do inchaço e da ardência.

A principal contraindicação, segundo a dra. Juliana, é a aplicação de cremes irritativos com base de ácido retinóico, ácido glicólico ou ácido salicílico. “Qualquer produto que gere ardência deve ser imediatamente removido no período de sete à dez dias após a aplicação de peelling ou laser”, afirmou.

Saiba os ativos mais indicados após o procedimento estético

Para evitar irritações e conseguir uma melhor cicatrização é importante saber quais ativos são os mais indicados. “Recorra a produtos cicatrizantes, hidratantes e/ou calmantes. Os principais ativos são o dexpantenol, pantenol, madecassosside, alfa sisabolol e sensicalmine, que possuem a função de recuperar a barreira natural da cútis e acalmar os sintomas de ardência”, finalizou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.