Dermaclub
O máximo de vantagens para você e sua pele

Saiba como cuidar da pele em cada faixa etária: dos 20 até acima dos 60 anos

Como a pele muda continuamente ao longo dos anos, cada fase da vida exige cuidados específicos para mantê-la com o aspecto saudável e bonito, de acordo com as particularidades de cada idade. Além disso, apesar da limpeza, a hidratação e a fotoproteção serem procedimentos essenciais independentemente da faixa etária, o uso de produtos e procedimentos coerentes com a maturidade da pele é fundamental para garantir a sua eficácia. Descubra os cuidados ideais para cada idade!

20 anos: a pele oleosa exige cuidados especiais

Essa faixa etária é caracterizada por uma tendência maior à oleosidade da pele e, por isso, é importante limpá-la duas vezes ao dia com sabonete líquido ou espuma de limpeza e utilizar, sempre, hidratantes livres de óleo. Segundo a Dra. Dailana Louvain, de São José dos Campos (SP), a hidratação deve ser com produtos oil free. “Eles podem, ainda, conter ação matificante ou função de redução do tamanho dos poros”, explicou, recomendando a limpeza de pele como tratamento, pois é ideal para combater as cicatrizes das espinhas.

30 anos: os primeiros sinais do envelhecimento da pele

Já para os 30 anos, quando a pele começa a apresentar os seus primeiros sintomas de amadurecimento, é interessante fazer uso de antirrugas, como aqueles que possuem vitamina C e E em sua fórmula. “A hidratação deve se estender até a região do pescoço e colo, com preferência a dermocosméticos livres de óleo e associados à substâncias antioxidantes”, explicou Dra. Dailana.

A proteção solar deve ser ainda mais intensificada nessa faixa etária, já que a radiação tende a acelerar o envelhecimento. Entre os tratamentos recomendados, está o uso da toxina botulínica, que ajuda a prevenir o surgimento de linhas de expressão.

40 anos: tratamento da desidratação e das manchas na pele

Mais desidratada na faixa dos 40 anos, a pele exige o uso de ativos como o ácido retinoico, ácido glicólico, ácido hialurônico e as vitaminas C e E de modo a combater o surgimento das manchas e atenuar os efeitos do envelhecimento. “Produtos hidratantes, antioxidantes e ácidos são usados, nessa faixa etária, com o objetivo de promover a restauração e a nutrição da pele”, explicou a dermatologista.

Além disso, tratamentos específicos, como a toxina botulínica para prevenir as linhas de expressão, luz intensa pulsada para clarear as manchinhas e laser fracionado para ativar o colágeno são recomendados para mulheres com essa idade, de acordo com a médica.

50 anos: diga adeus aos sinais do envelhecimento na pele

Nesse momento, a pele da mulher tende a ficar mais flácida e desidratada, o que sugere o uso prolongado dos mesmos ativos indicados na faixa dos 40 anos: ácido hialurônico e ácido retinóico, por exemplo, que atuam com precisão na hidratação e no combate às rugas, respectivamente. Como a pele madura tende a se tornar mais fina e sensível, suscetível ao surgimento de marcas e manchas, alguns tratamentos também podem ser indicados. “Procedimentos complementares como lasers, peelings, toxina botulínica, preenchimento e lifting podem ser recomendados para amenizar os sinais do tempo na pele”, indicou Dra. Dailana.

60 anos: cuidados redobrados com a sensibilidade da pele

O amadurecimento da pele torna os sulcos e rugas ainda mais pronunciados, o que exige a continuação de procedimentos hidratantes e ricos em ativos, como os sugeridos para os 40 e 50 anos de idade. A sensibilidade, aliás, é outro fator que merece atenção redobrada nesse momento: é preciso vigiar ainda mais a pele, evitar feridas (a cicatrização é mais lenta) e intensificar a fotoproteção.

Publicado em: Sexta-feira 28 de Outubro de 2016 - 05h55

36
0
0
1

Manchas

Tipos de vitiligo: conheça as variações das manchas brancas na pele

Tipos de vitiligo: conheça as variações das manchas brancas na pele

Cabelo

Queda de cabelo: estresse e má alimentação podem estar relacionados com o problema? Descubra

Queda de cabelo: estresse e má alimentação podem estar relacionados com o problema? Descubra

Pele

Rosácea: 5 situações que podem causar as manchas vermelhas na pele do rosto

Rosácea: 5 situações que podem causar as manchas vermelhas na pele do rosto

Cabelo

Guia de cuidados com o cabelo: como fazer hidratação? Quantas vezes lavar? Como acabar com as pontas duplas?

Guia de cuidados com o cabelo: como fazer hidratação? Quantas vezes lavar? Como acabar com as pontas duplas?

Como curar micose na pele? Veja os melhores tratamentos para os 3 tipos mais comuns

Como curar micose na pele? Veja os melhores tratamentos para os 3 tipos mais comuns

Cabelo

Couro cabeludo sensível ou sensibilizado: 5 hábitos que ajudam a diminuir o problema

Couro cabeludo sensível ou sensibilizado: 5 hábitos que ajudam a diminuir o problema