Dia de festa: você começa a beber um drink, depois mais outro e outro… Na hora, tudo são flores, mas no dia seguinte os efeitos podem ser arrebatadores. Inchaço, vermelhidão, olheiras, cansaço e dor de cabeça são apenas alguns dos efeitos mais incômodos de uma noite regada a álcool. No entanto, com alguns truques é possível passar por este momento de uma forma mais agradável! Veja abaixo as dicas do DermaClub e fuja das consequências desagradáveis da ressaca!

O que de fato é a ressaca?

Segundo os médicos, a ressaca nada mais é do que uma resposta do organismo à desidratação demasiada causada pelo abuso de bebida alcoólica. Ou seja: o corpo apenas se defende de algo que ele encara como agressão. Por isso, as dores, a indisposição, o inchaço e a vermelhidão, boca seca, náuseas, entre outros efeitos.

Saiba como minimizar os sintomas da ressaca

Exagerou nos drinks ontem e acordou mal? Beba bastante líquido! Aposte em muita água, sucos, isotônicos e/ou água de coco para desintoxicar o organismo. Da mesma forma, é ideal se alimentar de forma saudável, evitando frituras, alimentos processados e gordurosos. Dê preferência à carnes magras, legumes e verduras. Porém, como o álcool causa hipoglicemia, carboidratos podem ajudar a diminuir os sintomas da ressaca. Além disso, o café pode ser um bom aliado para melhorar a indisposição, mas deve ser consumido com moderação.

Carinha de ressaca? Veja como deixar o rosto com ar mais saudável

A pele também sofre com os efeitos do álcool, mas é possível passar por este momento de uma forma mais tranquila. Olha só!

- Aposte em água termal para deixar seu rosto com menos vermelhidão e vasinhos aparentes. Algumas borrifadas depois de higienizar a pele podem ajudar nesta questão;

- Como uma das principais consequências do álcool é a desidratação, logo depois aplique um creme que seja específico para o seu tipo de pele, a fim de garantir mais viço;

- Além de ingerir bebidas alcoólicas, ainda dormiu pouco? Um hidratante antiolheira é ideal para minimizar as bolsas e as manchas na região dos olhos;

- A maquiagem também pode ajudar neste caso. Antes de começar a cobertura da pele com base e corretivo, use um primer de fundo esverdeado para diminuir a vermelhidão. Além disso, é interessante alegrar o look com um toque de cor, utilizando um batom vibrante, por exemplo.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.