O protetor solar é o produto número um no cuidado com a pele para a prevenção de doenças e deixá-la mais jovem, evitando o fotoenvelhecimento. No entanto, além dele, outro item é fundamental no ritual de beleza e saúde de quem acredita que é melhor prevenir do que remediar: o antioxidante. O DermaClub conversou com a dermatologista Thais Pepe, de São Paulo, que explicou tudo sobre o funcionamento das substâncias em conjunto e como incluí-las em sua rotina de cuidados com a pele.

O que é antioxidante e quais são os tipos?

De acordo com a médica, antioxidante é uma molécula capaz de neutralizar os radicais livres formados na pele, que são átomos ou moléculas instáveis que atrapalham o funcionamento normal da região, causando o envelhecimento precoce. “Existem dois tipos de antioxidantes: os enzimáticos (ou naturais da pele), como a catalase, a superoxido dismutase e a glutationa peroxidase; e os não enzimáticos, incluindo a vitamina C, E, beta-caroteno e flavonóides”, comentou.

Na hora de escolher o produto, a médica aconselha como melhores ativos as vitaminas C e E, ácido retinoico e retinol - derivados da vitamina A -, licopeno - presente no tomate e na goiaba; resveratrol - que pode ser encontrado na uva, vinho e mirtilo -, e no chá verde. “Todos esses ativos são antioxidantes que podem ser utilizados não só na alimentação, mas também em dermocosméticos”, disse.

Como incluir o antioxidante em seu ritual de cuidados

Por não possui contraindicações, o uso de antioxidantes deve ser iniciado o quanto antes. “Não há uma idade correta, mas a partir dos 25 anos a mulher já pode apostar neste tipo de produto, que é ideal para todas as peles, sendo ela normal, seca, oleosa, mista ou sensível”, recomendou. Para a compra certeira do dermocosmético, a indicação é a avaliação de um dermatologista, que ajudará na escolha correta.

Descubra como usar o produto antioxidante

Segundo a dermatologista, o passo inicial é a limpeza adequada, com um sabonete especifico para a pele do paciente; em seguida a aplicação do tônico; logo depois, do serum antioxidante; finalizando com o fotoprotetor. “Durante a noite os produtos podem mudar, assim como pela manhã, e isso dependerá da consulta”, indicou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.