A região dos olhos é uma das áreas de maior destaque no rosto, por isso muitas pessoas se sentem incomodadas com os efeitos que as olheiras proporcionam ao local. A fim de sanar as suas dúvidas, o DermaClub conversou com a dermatologista Juliana Jordão, da cidade de Curitiba, no Paraná. Confira na entrevista abaixo o que são e quais são os tipos de olheiras, como disfarçar e tratar o problema.

Saiba o que são as olheiras e quais são os tipos das manchas

Segundo a médica, em geral, as olheiras são multifatoriais - possuem diferentes componentes - e, normalmente, são de origem genética. “É comum observarmos pacientes que desenvolveram quadros semelhantes aos de seus pais. Além disso, também é possível apresentar as manchas ao longo da vida, a partir de fatores externos”, explicou.

Dra. Juliana afirmou que as rugas e a flacidez são grandes influenciadoras das bolsas. “Elas surgem devido ao envelhecimento da pele, que perde sustentação e provoca o aspecto de bolsas. Já os casos de pigmentação extra envolvem pacientes de pele morena ou aqueles que possuam alergias severas. Os sulcos profundos dão aspecto de olheiras fundas a região dos olhos”, esclareceu.

Entenda por que a proteção solar é importante

A pele da área ao redor dos olhos é mais fina se comparada ao restante da face, e, por isso, pigmenta com maior facilidade. Por esse motivo, a proteção solar é importante na prevenção de queimaduras, envelhecimento precoce, olheiras e do temido câncer de pele. É importante ressaltar que a escolha dos produtos é fundamental. Aposte nos oftalmologicamente testados e próprios para a área, além de óculos escuros, chapéus e bonés, que auxiliam na proteção.

Dermatologista dá dicas para disfarçar as olheiras

É possível disfarçar os efeitos e tons que as olheiras proporcionam. Dormir bem e manter uma rotina saudável ajuda na boa aparência da pele. Mas se o dia a dia está corrido, confira algumas dicas para minimizar os efeitos do problema:

- Mantenha a região bem hidratada;
- Use compressas geladas para diminuir o inchaço das pálpebras e promover um ar descansado;
- Aplique o corretivo com batidinhas, da região interna dos olhos em direção à externa. A cor do produto deve ser ligeiramente mais clara do que para o resto do rosto;
- Em caso de olheiras muito marcantes, utilize corretivos coloridos. O amarelo/alaranjado ajuda a disfarçar olheiras arroxeadas enquanto o lilás auxilia nos casos de olheiras acastanhadas;
- Aposte nos lápis claros (branco, bege, nude, dourado) na linha dos cílios inferior;
- Evite usar maquiagens pesadas nos cílios e pálpebras inferiores.

Saiba como tratar das manchas que circundam os olhos

De acordo com a dermatologista, apesar das diferenças entre os tipos de olheiras, alguns cuidados se assemelham. “Unindo cremes antirrugas adequados a produtos hidratantes é possível prevenir o aspecto opaco e enrugado da pele”, afirmou, explicando que o tratamento das olheiras pode incluir peelings químicos, lasers, luz intensa pulsada e preenchimento com ácido hialurônico. E, não se esqueça, procedimentos clínicos devem ser feitos por médicos especializados, por isso, consulte o seu dermatologista!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.