Atualmente, o mercado disponibiliza diversos tipos de produtos com ativos e veículos diferentes, que agradam e atendem às necessidades de todos os tipos de pele. Segundo a Dra. Lilian Ota, de São Paulo, o serum é uma formulação que possui textura suave e de rápida absorção, ideal para quem gosta da sensação de pele sequinha e natural. Confira a entrevista que a médica concedeu ao DermaClub e entenda tudo sobre o serum e veja dicas de como incluí-lo em sua rotina de cuidados!

Descubra o que é o serum e quais são os benefícios desse tipo de veículo

De acordo com a dermatologista, o serum é um veículo que apresenta textura suave e fluida, facilitando a absorção. “Em geral, a concentração de substâncias específicas - ativos - é maior nesses dermocosméticos devido a essa fluidez, o que faz deles agentes de tratamento mais potentes que cremes, loções ou géis”, explicou.

Os principais tipos de seruns faciais encontrados são os de ação hidratante, rejuvenescimento e os clareadores. “Devido a textura leve de rápida absorção dos ativos, os benefícios do uso aumentam a luminosidade, viço e hidratação, o que faz dele um potente tratamento para o rejuvenescimento da pele”, pontuou.

Saiba qual o melhor momento para iniciar o uso do serum

Para Dra. Lilian, o ideal é iniciar o uso desse tipo de produto a partir dos 18 anos de idade. “Por serem bem leves e não oleosos, são muito bem aceitos por pessoas mais jovens, que, dessa forma, já iniciam a prevenção dos efeitos do envelhecimento cutâneo”, enfatizou. Vale lembrar que, quanto mais cedo começam esses cuidados, os sinais que a pele apresenta com o passar do tempo aparecem tardiamente. “Além disso, o dermocosmético previne manchas, rugas e flacidez”, acrescentou.

Dermatologista dá dicas de como inserir o uso do serum na rotina de cuidados

A indicação da Dra. Lilian é usar o serum após a higienização adequada. Confira o passo a passo ensinado por ela:

- Manhã: o ideal é sempre lavar a face com o sabonete apropriado ao seu tipo de pele - oleosa, seca, normal ou mista -, utilizando água fria. Aguarde cerca de 10 minutos para que a camada lipídica seja refeita, para então aplicar o serum. Aguarde mais alguns minutos e aplique o filtro solar, que deve ter, no mínimo, o fator de proteção 30;

- Noite: os seruns também podem ser utilizados após a limpeza facial, seguindo sempre os mesmos cuidados.

Em geral, não é necessário a utilização de hidratante, pois os seruns já contêm substâncias que cumprem essa função. Consulte seu dermatologista e saiba qual serum apostar para o seu tipo de pele e necessidades!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.