A radiação solar já não é considerada a única vilã para a pele saudável. Existe também um agente invisível e infiltrado em todo planeta que, juntamente com o raios UV, enfraquece as defesas antioxidantes e acelera o envelhecimento cutâneo: a poluição. Mas como proteger a pele de um inimigo que está presente em todo o meio ambiente? Com dermocosméticos que possuem textura anti-poluição! Você já ouviu falar sobre esse veículo? O DermaClub explica o que é, como funciona, além de todos benefícios dessa substância. Confira!

O que é um dermocosmético com textura anti-poluição?

É aquele que protege a sua pele dos agentes poluentes. O mecanismo da textura acontece da seguinte forma: toda a nossa pele é formada por poros e neles, são acumulados várias impurezas ao longo do dia, inclusive resquícios de poluição, que podem causar obstrução e uma série de problemas, como o excesso de oleosidade e a acne. Quando aplicamos um produto com textura anti-poluição, é formada uma barreira na pele, em que os poluentes batem e voltam sem atingir a região.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como incluir esse produto na nossa rotina de cuidados?

O dermocosmético deve ser usado depois da limpeza da pele e antes do filtro solar, para potencializar essa proteção. Atualmente existem vários produtos com essa textura no mercado, um deles é o Mineral 89 de Vichy - que fortalece a função de barreira, acelera a regeneração cutânea, hidrata e preenche a pele, além de prevenir o envelhecimento precoce.

Por que devemos nos proteger da poluição?

Você sabia que 90% do envelhecimento precoce é provocado pelos agentes poluentes e pela radiação solar? É o que indicam os estudos da The Skin Cancer Foundation. Mas todo esse processo acontece por conta da produção excessiva dos radicais livres. Essas moléculas instáveis altamente reativas que danificam as células saudáveis e atrapalham o funcionamento normal da pele, quando expostas aos agentes poluentes e aos raios UV, podem causar danos cutâneos irreparáveis. Sendo assim, a poluição pode:

- Obstruir os poros, causando excesso de oleosidade e acne;
- Promover a flacidez e a formação de rugas;
- Acelerar a oxidação celular, que acaba deixando a pele mais opaca e com textura irregular;
- Deixar a pele seca e causar o envelhecimento precoce.