Clique aqui para conhecer todos os benefícios do nosso clube e cadastre-se!
Dermaclub

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

A esfoliação faz parte da sua rotina de cuidados com a pele? Esse ritual proporciona diversos benefícios, principalmente para a pele oleosa, como a remoção de cravos, células mortas e controle da oleosidade. Além do rosto e corpo, essa técnica também deve ser feita no couro cabeludo, especialmente de quem sofre com a caspa. Existem dois tipos de esfoliação: a física e a química. Para saber tudo sobre esse tratamento, o DermaClub conversou com a dermatologista Tatiane Matos, de Salvador, que esclareceu as principais dúvidas. Veja só!

1. O que é esfoliação? Entenda mais sobre essa técnica!

De acordo com a médica, a esfoliação é o ato de remover as camadas de células mortas da pele, através de meios físicos (produtos com grânulos) ou químicos (procedimentos com ácidos ou ferramentas específicas). Essa técnica tem o objetivo de limpar a pele profundamente através do uso de cremes, sabonetes ou óleos específicos que proporcionam essa ação esfoliante.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Neste caso, pode ser feito o uso de ácidos, em tratamentos de peeling, ou grânulos (mais finos ou grossos) em produtos esfoliantes. Com a ajuda deles, todas as impurezas são removidas por meio da descamação ou abrasão da mistura em contato com a pele.

2. Como o ritual deve ser feito? Confira o passo a passo da esfoliação:

A Drª Tatiana orienta que a esfoliação seja feita uma ou duas vezes por semana, de preferência com um gel de limpeza com partículas que promovem esse efeito levemente abrasivo. “A frequência vai depender de se o paciente estiver usando ácidos que deixam a região mais sensível ou que removem as camadas das células mortas. Neste caso, não se faz necessário utilizar o esfoliante mais que uma vez por semana”, indicou.

Confira o passo a passo da esfoliação:

1º passo) Aplique o produto esfoliante na região úmida fazendo movimentos suaves e circulares, exercendo uma leve pressão, com cuidado para não machucar a pele;

2º passo) Em seguida, remova com água e o seu produto de limpeza facial;

3º passo) Após a esfoliação, é fundamental a hidratação de pele, mesmo na pele oleosa. Nesta, deve-se dar preferência a produtos em gel ou sérum;

4º passo) Se o ritual for feito de dia, aplicar o protetor solar.

3. A esfoliação deve ser feita apenas na pele do rosto?

Embora seja a região mais comum para realizar esse ritual, a esfoliação também pode ser feita no corpo, principalmente nos pés, que costumam ser ásperos e ter a pele mais grossa, além de braços e pernas nos casos de queratose pilar. Além disso, você também pode esfoliar o couro cabeludo com shampoos esfoliantes!

4. Esfoliação capilar: entenda como funciona

A esfoliação capilar é bem parecida com a que fazemos na pele: ela tem a função de remover resíduos, como sebo, acúmulo de produtos, células mortas, e ainda de controlar a caspa e a oleosidade. O ritual deve ser feito com um shampoo esfoliante que purifica e equilibra o pH dos fios sem causar ressecamento.

5. Peeling: entenda essa outra técnica de esfoliação

A especialista explica melhor sobre esse tratamento: “A esfoliação consiste na retirada de células mortas e o peeling tanto mecânico quanto químico promove o mesmo efeito. O Peeling químico, inclusive, promove uma maior esfoliação do que o uso regular de esfoliantes em domicílio”, contou.

6. Qual é a diferença da esfoliação comum para aquela feita com peeling?

A esfoliação comum é realizada em casa e é feita pelo próprio paciente, utilizando produtos com menor potencial agressor à pele. Já o peeling, “é um tratamento que deve ser feito no consultório dermatológico e que tem um efeito mais potente, mas também maior risco de manchas, irritações e sensibilidade caso não seja realizado de forma correta” atentou.

7. 7 benefícios da esfoliação para a pele

  1. Remove as células mortas;
  2. Otimiza os tratamentos de pele;
  3. Aumenta a luminosidade;
  4. Deixa a pele mais lisinha;
  5. Diminui as manchas;
  6. Controla a oleosidade;
  7. Previne a formação de espinhas.

8. 3 dúvidas sobre esfoliação: a dermatologista esclarece!

8.1 A esfoliação é capaz de clarear manchas na pele?

Sim! “As manchas vão sendo estimuladas a serem eliminadas pelo aumento do metabolismo da epiderme, já que as camadas de células mortas são removidas aos poucos, dando espaço para as novas que são formadas”, garantiu.

8.2 Quem tem pele sensível ou com rosácea pode fazer esfoliação?

Sim, mas com muito cuidado! “A esfoliação pode sensibilizar mais ainda a pele, deixando um aspecto avermelhado, descamativo, com sensação de ardência ou até uma alergia”.

8.3 Quem tem lesões de acne, pode fazer esfoliação?

Pode e deve! “Pois ao remover as primeiras camadas de pele, também se reduz a hiperqueratose folicular que é a obstrução do pátio do folículo, um dos mecanismos da acne”, concluiu. No entanto, é importante atentar para o estágio da acne - se ainda estiver inflamada, jamais faça esfoliação. Consulte sempre o seu dermatologista!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicado em: Sábado 14 de setembro de 2019 - 19h16

Modificado em: Segunda-feira 04 de novembro de 2019 - 19h19

0
0
0
0
http://www.laroche-posay.com.br/?utm_source=loreal-dcb-site&utm_medium=referral&utm_content=header&utm_campaign=always-on http://www.vichy.com.br/?utm_source=loreal-dcb-site&utm_medium=referral&utm_content=header&utm_campaign=always-on http://www.skinceuticals.com.br/?utm_source=loreal-dcb-site&utm_medium=referral&utm_content=header&utm_campaign=always-on https://www.cerave.com//?utm_source=loreal-dcb-site&utm_medium=referral&utm_content=header&utm_campaign=always-on