Quando o nosso corpo não está saudável, as unhas podem apresentar sinais de alerta. Por isso, é muito importante que ter cuidados especiais para mantê-la bonita e bem tratada, já que alguns hábitos simples, como lixar de forma errada, podem comprometer a sua saúde.

Cutículas: evite retirá-las com frequência

As cutículas são responsáveis por proteger a base da unha, por isso, quando são removidas por completo, favorecem a aparição de infecções, como micoses. Dessa forma, para evitar que as pelinhas fiquem ressecadas e sensíveis, o indicado é empurrá-las de maneira suave, com o uso de produtos específicos e hidratantes, a fim de amolecê-las. Outra dica é: durante o banho, você pode fazer movimentos circulares, empurrando a cutícula. Assim, ela sai sozinha, sem usar a força.

Atenção ao cortar as unhas

Na hora de cortar as unhas, opte por materiais que sejam específicos para essa função, como alicate e tesoura. Faça o corte de maneira perpendicular à superfície da unha, para evitar descamações. Enquanto para os pés que possuem unhas mais duras, o ideal é que elas estejam úmidas na hora de cortar, para que a lâmina ungueal fique mais maleável e o processo seja facilitado.

Removedor de esmaltes x acetona: qual é a melhor escolha?

O uso de acetona como removedor de esmalte resseca e desidrata as unhas por serem à base de álcool e outras substâncias, como acetato de etila ou butilo. Por isso, antes de comprar o produto, procure por removedores específicos com álcool cetílico, óleo de mamona e palmitato cetílico, por exemplo, que são menos agressivos.

Lixar as unhas pode prejudicar o seu fortalecimento?

É comum que, na hora de lixar as unhas, escolher manter os cantos retos. No entanto, tanto esta opção como deixar as bordas arredondadas fortalece o risco de encravamento das unhas. Por isso, é importante encontrar um meio termo: pontas retas e cantos levemente arredondados.

Garanta esses hábitos e mantenha as suas unhas saudáveis e bonitas!