A vitamina C já é velha conhecida quando se trata de fortalecer o sistema imunológico, aliada no combate à gripes e resfriados. Mas você sabia que ela pode ser importante no cuidado com a pele? O nutriente é um poderoso antioxidante e merece espaço na rotina de skincare para intensificar a proteção da cútis. O DermaClub conversou com a nutricionista funcional e personal chef Yasmin Gonzalez, do Rio de Janeiro, que revelou os benefícios da inclusão desse elemento na alimentação, conferindo melhor qualidade do organismo e da pele.

Inclua alimentos com vitamina C em sua dieta para fortalecer o organismo

De acordo com a especialista, a vitamina C aumenta a produção dos glóbulos brancos - nossas células de defesa -, contribui na absorção de ferro e ajuda em casos de anemia, além de auxiliar na formação dos ossos e dentes. “Para mulheres, a recomendação da ingestão diária é de cerca de 75mg/dia; enquanto para os homens é de 90mg/dia”, indicou Yasmin, que acredita que o ideal para saber a quantidade correta a ser ingerida é procurando um nutricionista ou nutrólogo. No entanto, a expert conta que as quantidades são facilmente atingidas por meio de fontes como acerola, morango, goiaba, gojiberry, kiwi e laranja.

Será que a suplementação com vitamina C é indicada pra você?

Já a suplementação via oral pode ser receitada para atletas de alto rendimento, fumantes, pessoas com má alimentação ou que possuam vida agitada e estressante, pois nestes casos há uma maior produção de radicais livres. “A vitamina C possui receptores saturáveis, ou seja: ela tem um limite de absorção. Logo, não adianta tomar altas doses, porque depois que este receptor fica cheio, nosso organismo elimina o excesso”, afirmou. A nutricionista recomenda fracionar ao longo do dia alimentos ricos com o nutriente ou até mesmo a suplementação, e nunca ingerir altas doses em um único momento.

A vitamina C via oral também beneficia a pele

Segundo Yasmin, esta vitamina é o antioxidante mais abundante no organismo, o que beneficia não só a saúde do organismo, como também da pele. “Além de combater os radicais livres - que causam o envelhecimento precoce -, deixa a pele mais jovem e bonita, participa ativamente na síntese de colágeno e contribui para maior firmeza e sustentação”, explicou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.