A miliária, conhecida popularmente como brotoeja, é uma inflamação da pele causada devido à obstrução das glândulas sudoríparas, responsáveis pela eliminação do suor do nosso corpo. Dessa forma, ambientes úmidos e quentes - febre alta e excesso de roupas e agasalhos, por exemplo - favorecem o aparecimento dessas lesões, muito comum entre as crianças.

Entenda o que é brotoeja e por que ela surge

Segundo a dermatologista Christiane Gonzaga, do Rio de Janeiro, a brotoeja é uma dermatite inflamatória, que causa erupções vermelhas e pequenas bolhas, podendo afetar diferentes camadas da pele. A sua aparência pode variar, já que depende da região do corpo em que acontece o quadro. “Ela aparece devido à obstrução das glândulas sudoríparas, que são os canais responsáveis pela produção do suor em nosso organismo, impedindo a sua saída do corpo”, explicou.

Saiba por que a brotoeja é mais comum em crianças

A Dra. Christiane afirma que a brotoeja pode surgir tanto em crianças quanto em adultos. No entanto, é mais comum nos pequenos devido ao seu organismo estar ainda em formação, inclusive as glândulas sudoríparas, deixando-os, então, mais sensíveis. “A inflamação costuma surgir em situações de calor intenso, febre ou com o uso exagerado de roupas, que impedem a eliminação do suor”, contou.

Como evitar o aparecimento da brotoeja na pele das crianças?

Para a Dra. Christiane, é preciso observar o corpo da criança quando exposto a altas temperaturas, analisando se ocorre uma transpiração exagerada e se aparece brotoeja. Mantenha o pequeno em ambientes frescos, com roupas leves, e, em caso de febre, fique atento para não agasalhar demais e resultar na obstrução das glândulas sudoríparas.

Conheça os principais cuidados para a pele de crianças com brotoeja

Em casos de aparecimento de brotoeja na pele, é essencial que o dermatologista ou pediatra seja consultado para avaliar a gravidade do quadro e indicar o tratamento necessário. De acordo com a dermatologista, também é importante evitar o uso de produtos que ressequem a pele ou obstruam os poros.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.