Entre pintas, sinais e manchas, alguns pacientes de pele negra apresentam algumas verrugas pequenas e marrons na pele - mas o que são essas bolinhas escuras? Como podemos tratar? É possível prevenir? Para esclarecer essas e outras dúvidas sobre o assunto, o DermaClub bateu um papo com a dermatologista Carolina Marçon, de São Paulo. Veja só!

O que são essas verrugas marrons e por que elas aparecem?

A médica aponta o nome do problema: dermatose papulosa nigra. “São essas lesões que surgem, geralmente nas regiões de dobra, como a parte cervical do pescoço, axila e virilha. Elas estão relacionadas com um excesso de pele e possui decorrência genética. Geralmente quem tem muitas dessas lesões pelo corpo pode observar alguém da família que também possui essas verruguinhas, que têm uma tendência a piorar com a idade”, afirmou.

Apesar de incômodas, essas bolinhas não causam nenhum tipo de problema patológico, sendo uma questão apenas estética mesmo. “O único inconveniente é que quando surgem em uma região de atrito, pode causar traumas e feridas, mas não é uma espécie de lesão que causam mal para a saúde”, tranquilizou.

É possível remover essas verrugas? Veja as opções de tratamento:

Caso você prefira remover as “verruguinhas”, o procedimento deve ser feito cirurgicamente: “Existem várias técnicas, mas particularmente, prefiro remover com o auxílio que uma tesoura e cauterização. Além disso, é possível tirar com laser, com o uso de ácidos, entre outros”, afirmou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

É possível prevenir o surgimento dessas verrugas?

Não existe prevenção, já que o problema é acontece por uma predisposição genética. Mas existem algumas medidas que ajudam a controlar o surgimento: “Evitar o excesso de sobrepeso, pois gera o aumento de atrito - que é um fator desencadeante dessas lesões - e o uso de roupas muito justas”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.