A vitamina C é muito poderosa para a pele. Além de clarear manchas e potencializar a ação do seu protetor solar, essa substância previne o aparecimento dos sinais de envelhecimento no seu rosto - rugas, linhas de expressão e flacidez - e ainda deixa a sua pele mais luminosa. Mas como um ativo é capaz de realizar tantas funções? Para entender melhor como a vitamina C age, batemos um papo com a dermatologista Katleen Conceição, do Rio de Janeiro, que esclareceu todo os benefícios desse ingrediente. Veja só!

O que é vitamina C? Quais são seus benefícios para a pele?

A vitamina C, também conhecida como ácido L-ascórbico, é uma substância poderosa e multifuncional para a a pele. A Drª Katleen explica que esse ativo auxilia na hidratação do rosto, possui uma potente ação clareadora e também realiza a síntese do colágeno e da elastina - evitando as rugas e flacidez -, além de promover a renovação celular e atuar como um excelente anti-idade.

Resumindo: “A vitamina C reduz as chances de envelhecimento precoce, contribui para o clareamento de manchas na pele e ainda ajuda na formação de colágeno”, afirma a dermatologista.

A vitamina C deixa a pele luminosa e previne o envelhecimento?

Sim. No meio de tantos benefícios, a vitamina C também deixa a pele mais luminosa e ainda previne os sinais do envelhecimento precoce. A dermatologista conta que para essas funções, existem explicações: “O ativo previne o envelhecimento, combate os radicais livres e preserva a imunidade das células da pele. Ele também possui ação hidratante e melhora o tônus da face”, garantiu.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Além disso, a vitamina C ainda pode ser usada para clarear e promover a luminosidade da pele, devido a sua ação inibidora de formação de melanina - pigmento que dá cor à pele e, muitas vezes, forma manchas no corpo e na face.

Como incluir a vitamina C na sua rotina de cuidados com a pele?

A especialista indica: “Na maioria das vezes, orientamos que o paciente aplique a vitamina C pela manhã, como antioxidante. O uso da substância, antes do filtro solar, vai potencializar a ação fotoprotetora e combater os danos gerados por outras fontes de agressão, como a poluição”, ressaltou.

Além disso, é importante verificar também o tipo de vitamina C que você está usando. O ativo só terá alta ação antioxidante e promoverá todos os benefícios se estiver em sua forma pura. Basta verificar se em sua composição tem o ácido L-ascórbico, a forma mais pura da vitamina C, que atenua as rugas e aumenta a proteção cutânea contra as agressões externas.

A vitamina C precisa ser pura para fazer mais efeito?

A forma pura da Vitamina C, ácido L-ascórbico, é a que comprova todos os benefícios desejados do ativo na pele. Outras formas de Vitamina C, conhecidos como derivados, que não são o ácido L-ascórbico, geralmente não oferecem os mesmos benefícios ou a mesma intensidade. 

Também é uma dica importante procurar por fórmulas que contenham ativos sinérgicos com o ácido L-ascórbico para otimizar seus benefícios na pele, como o ácido ferúlico, phloretin ou vitamina E.

A Drª Katleen cita um estudo realizado na Universidade de Duke, nos Estados Unidos, que revelou que uma das principais condições para o aproveitamento máximo dessa substância é ela estar em um veículo com pH ácido (até 3,5), como o sérum - ou seja, essa é a textura que mais se adapta ao ativo. 

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.