Por motivos desconhecidos, orelhas e pés são frequentemente esquecidos na hora de proteger o corpo dos danos solares. No entanto, toda e qualquer área que possa ter contato com a radiação durante o dia deve receber proteção. Por isso, o DermaClub conversou com a dermatologista Vanessa Metz, do Rio de Janeiro, que explicou por que é importante aplicar o filtro nessas regiões e como podemos facilitar o processo para que se torne um hábito. Confira a entrevista!

Dermatologista explica a importância da proteção solar

De acordo com a médica, proteger-se do sol é de total importância! “Se fosse possível mensurar quantidade de radiação que chega à superfície da terra, seria fácil notar que ela é maior a cada ano que passa”, pontuou, afirmando que a preocupação não deve estar somente durante os horários de pico - de 10h às 16h - e sim durante todo o dia.

Entenda por que orelhas e pés devem ser protegidos do sol

As pessoas têm o hábito de não proteger orelhas e pés, mesmo quando estão em alta exposição. “Os cabelos e os sapatos fazem uma espécie de barreira contra o sol. No entanto, se os fios tiverem presos e o calçado for aberto é importante que estas áreas estejam protegidas”, acrescentou a médica, sugerindo o uso de protetor capilar, principalmente durante o verão, para que as madeixas também não fiquem danificadas.

Descubra quais tipos de protetores são indicados para aplicação nessas regiões

Para a dermatologista, o filtro deveria ser usado nessas áreas todos os dias, porém, muitas vezes, elas são esquecidas - mesmo quando em situações de extrema exposição, como na praia. “Para facilitar a vida dos pacientes, indicamos veículos mais fluidos ou em spray, já que são mais fáceis de aplicar. Outra opção, ainda, é a versão do dermocosmético em bastão para aplicar nas orelhas”, indicou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.