Com certeza, você já ouviu falar sobre zinco em algum momento da sua vida. Porém, sabia que, além da tabela periódica, esse elemento é superimportante para a saúde da pele, especialmente para a oleosa? A substância é fundamental no processo de cicatrização das lesões de espinhas, além de possuir um efeito anti-inflamatório. Quer saber outros benefícios desse ativo? A dermatologista Tatiana Matos, da Bahia, contou para o DermaClub.

A falta de zinco pode refletir em vários problemas para a pele

O zinco está presente em quase todo o corpo. Suas enzimas se concentram nos ossos, unhas, cabelo e, principalmente, no sangue e na pele. A falta desse elemento pode levar à muitas complicações, como cicatrização lenta, aumento da oleosidade, aparecimento de espinhas, eczema e psoríase. Por isso, o zinco é tão crucial para manter a pele viçosa, bonita e, principalmente, saudável.

Entenda os efeitos desse mineral para a pele com acne, queimaduras e outras lesões

Uma das funções mais importantes do zinco é estimular o trabalho dos glóbulos brancos do sangue. Eles são fundamentais para o sistema imunológico, agindo no processo de defesa do organismo contra diversas agressões, como queimaduras e feridas, que surgem na pele. De acordo com a Dra. Tatiana, dessa forma, a substância também é uma forte aliada para o tratamento da acne, já que diminui o processo inflamatório das lesões de espinhas. “O zinco também ajuda a aumentar o tempo de efeito da toxina botulínica, em prol do rejuvenescimento do rosto”, explicou.

Os benefícios que o zinco oferece para a pele oleosa

O ativo é eficaz para muitos quadros dermatológicos, mas quem acaba aproveitando melhor os benefícios do zinco, sem dúvidas, são as pessoas que têm tendência à oleosidade. Isso porque o mineral é responsável por organizar a queratinização da pele, colaborando com o controle da secreção sebácea. “A queratina produzida, normalmente, obstrui os poros, resultando na formação da acne. Assim, a substância regula a produção de brilho e, consequentemente, a formação de cravos e espinhas”, contou a médica.

Onde encontrar o zinco no dia a dia?

Deu para perceber que o zinco tem ações importantes para a saúde de todo organismo. Mas, como podemos aproveitar os benefícios do ativo ao longo do dia? Existem muitos dermocosméticos que o possuem na composição e, por isso, é importante conversar com um dermatologista para descobrir as melhores opções para as suas necessidades. Uma das alternativas é investir em produtos à base de zinco, que minimizam o brilho da pele e ainda agem como tratamento para a pele oleosa.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.