Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Pele oleosa e sensível: veja como deve ser a rotina de cuidados com pele desse tipo

Saiba como cuidar da pele oleosa e sensível no dia a dia
Saiba como cuidar da pele oleosa e sensível no dia a dia

Entrevista com Dra. Vanessa Metz, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Excesso de brilho, poros dilatados e uma grande incidência de cravos e espinhas no rosto e corpo são características marcantes da pele oleosa. Além desses incômodos, algumas pessoas com tendência à oleosidade ainda sofrem com a sensibilidade no rosto - muitas vezes, como consequência do tratamento antiacne. Sendo assim, para lidar com esse tipo de pele, é importante investir em uma rotina de cuidados com produtos específicos para evitar episódios de irritação e encontrar o equilíbrio da produção de sebo. O DermaClub conversou com a dermatologista Vanessa Metz, do Rio de Janeiro, para esclarecer essas medidas. Veja só!

Conheça as características da pele oleosa e sensível

De acordo com a médica, “a pele oleosa tende ao excesso de produção de sebo, brilho intenso, poros abertos e uma forte tendência a cravos e espinhas. Já a sensível, também chamada de reativa, é uma pele com pouca tolerância, muito vascularizada e propensa a reagir quando está em contato com diversas substâncias”, explicou. E quem tem a pele oleosa e sensível ao mesmo tempo, possui a junção dessas características - isso acontece também devido ao tratamento antiacne que, muitas vezes, causa uma série de efeitos colaterais, deixando o rosto mais fragilizado, ressecado e temperamental.

Para manter o equilíbrio dessa região, é fundamental adotar uma rotina específica de cuidados. Confira:

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

1) De manhã, aposte no ritual limpeza com produtos para a pele oleosa e sensível

Quem tem a pele oleosa costuma acordar com o rosto mais brilhoso que o normal. Isso porque durante a noite, a temperatura corporal diminui e, devido a essa queda, o corpo produz mais oleosidade como uma forma de defesa para não deixar a região ressecada. Mas, para evitar que esse acúmulo de sebo se prolongue durante o dia, é necessário fazer uma boa limpeza na região. Utilize um sabonete de alta tolerância para peles sensíveis e/ou sensibilizadas enriquecido com ativos que eliminam o excesso de óleo, como o PCA de zinco e o glycacil.

2) Antes de sair de casa, use filtro solar

A exposição solar é um fator que ajuda a estimular a produção de sebo e a sensibilidade da pele. Por isso, é importante incluir na sua rotina de cuidados um protetor solar. Opte por um produto com FPS 30, no mínimo, com alta proteção UVA/UVB e controle inteligente de oleosidade. Lembre-se de reaplicar o filtro a cada duas horas para manter a sua eficácia.

3) Durante a tarde, invista no uso de dermocosméticos que controlam a oleosidade

Mesmo lavando o rosto de manhã, fatores como o calor e a poluição podem causar a produção excessiva de sebo ao longo do dia. Sendo assim, para manter a pele longe da oleosidade, carregue na sua bolsa um produto com ação adstringente para usar a qualquer hora - aqueles na versão spray são bem práticos, pois garantem ação imediata e podem ser usados sem medo de estragar a maquiagem. Prefira os dermocosméticos com ativos minerais, como o zinco, ideais para a pele oleosa e sensível.

4) À noite, use um hidratante para amenizar o ressecamento e sensibilidade da pele

Antes de dormir, o ideal é lavar o rosto mais uma vez para então aplicar o hidratante. Esse cuidado é fundamental para manter a barreira cutânea fortalecida, ajudar na preservação do colágeno, prevenir o ressecamento e envelhecimento. Para manter a pele oleosa e sensível hidratada, use produtos com ativos não oleosos, como a glicerina e o pantenol 5%. Além disso, os dermocosméticos precisam ser livres de parabenos, fragrâncias, corantes e outras substâncias que possam gerar irritação na pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 14 de Março de 2018
Modificada em: 27 de Julho de 2021

Dra. Vanessa Metz

Palavra do Dermatologista

Dra. Vanessa Metz

CRM: 52794953

Dra. Vanessa Metz é especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, formada em medicina pela Faculdade Souza Marques e pós-graduada em dermatologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Foi vice-presidente da Associação dos Dermatologistas da UERJ (ADUERJ) no ano de 2009 e professora substituta do serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Pedro Ernesto no ano de 2010. É sócia efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da Academia Americana de Dermatologia (AAD). Está em constante atualização participando de cursos e congressos no Brasil e exterior para trazer aos seus pacientes o que há de mais moderno.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Manchas na pele

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Manchas na pele

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Manchas na pele

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Manchas na pele

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Manchas na pele

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Manchas na pele

Últimas Matérias

Rotina fácil de cuidados com a pele durante o inverno: 9 produtinhos para você apostar na estação Saiba quais cuidados são importantes na hora de fazer a hidratação da pele seca e sensível Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne Skincare para pele negra: 7 dúvidas mais comuns sobre a rotina de cuidados Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam
Ver mais

escolha a loja de sua preferência