Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Pele irritada e sensível: saiba a diferença entre elas e como cuidar de cada uma

Saiba as diferenças entre peles irritadas e sensíveis
Saiba as diferenças entre peles irritadas e sensíveis

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Os episódios de vermelhidão e coceira na pele, em geral, são causados após o uso de produtos químicos ou exposição à condições climáticas extremas, como frio e calor. No entanto, nem sempre a cútis que está sensibilizada é, de fato, sensível. Para solucionar esta e outras questões, o DermaClub procurou a Dra. Lilia Guadanhim, dermatologista na cidade de São Paulo, que contou qual a diferença entre pele irritada e sensível, além de como cuidar de cada caso.

Descubra a diferença entre pele irritada x pele sensível

Segundo Dra. Lilia, a pele irritada é uma condição momentânea, que apresenta vermelhidão, podendo descamar e formar pequenas bolhas, além da coceira frequente. "Os motivos são diversos e vão desde ressecamentos, dermatites - seborreica, atópica, de contato ou irritativa -, estresse, altas temperaturas, entre outras causas", explicou.

Já quando nos deparamos com a cútis sensível, também chamada de intolerante ou reativa, é possível perceber uma condição complexa, caracterizada pela baixa tolerância ao uso de cosméticos ou produtos químicos. Muito comum em mulheres e pacientes jovens, esta sensibilidade é imprevisível. "Pode vir ou não acompanhada de coceira, ardor, irritação, aspereza, queimação e repuxamento. É possível também notar vermelhidão, descamação e até pequenas feridas", acrescentou, afirmando que isso acontece porque a pele sensível apresenta um aumento da resposta imune.

Saiba como cuidar de peles que sofrem com irritação ou sensibilidade

De acordo com a Dra. Lilia Guadanhim, alguns cuidados são necessários para aliviar os sintomas e prevenir os quadros. Confira as dicas da dermatologista para peles irritadas:

- Reduza a coceira com compressas geladas;
- Hidrate a pele com produtos que reparem a barreira;
- Evite banhos quentes, sabonetes irritantes e buchas;
- O uso de águas termais ajuda a acalmar;
- Mantenha as unhas curtas, para diminuir as escoriações pela coceira.

As peles sensíveis também recebem cuidados especiais. Acompanhe as indicações da Dra. Lilia:

- Suspenda o uso de qualquer produto que cause desconforto ou queimação;
- Seque suavemente a área afetada e evite atrito com roupas, toalhas e esfoliantes, etc;
- Escolha produtos próprios para peles sensíveis, sem fragrâncias e, para o couro cabeludo, shampoos sem surfactantes irritantes;
- Evite banhos quentes e muito vapor no banheiro;
- Proteja sua pele do vento, sol e calor;
- Diminua o consumo de álcool, pimentas, café e alimentos condimentados;
- Prefira sabonetes do tipo syndet, que são géis de limpeza sem sabão (agentes que mais causam irritações);
- Hidratantes são efetivos porque nutrem, diminuem as irritações, além de restaurarem a barreira da pele. Reaplique durante o dia, especialmente quando estiver exposto a um clima muito extremo, como calor ou frio - incluindo ar condicionado;
- Use água termal para hidratar e acalmar a pele;
- Evite máscaras esfoliantes e produtos contendo alfa hidroxiácidos, retinaldeídos ou tretinoína, que são potencialmente irritantes.

Dra. Lilia Guadanhim fala sobre cosméticos e maquiagens para peles sensíveis

Apesar da pele sensível, as mulheres não querem dar adeus à maquiagem. Confira algumas orientações da Dra. Lilia para não ter medo de usar esses produtos:

- Opte por produtos em pó ao invés dos cremes ou loções, pois são mais leves no contato com pele;
- Escolha cosméticos facilmente removíveis com água - evite os a prova d´água;
- Fique atento ao prazo de validade;
- Prefira esmaltes hipoalergênicos;
- Aposte em uma base facial siliconada, pois são facilmente removidos e conferem suavidade a pele;
- Não esqueça de limpar muito bem a maquiagem, aposte em demaquilantes.

Não esqueça de consultar seu médico dermatologista para uma análise precisa da sua pele e quais os cosméticos mais indicados para ela.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 22 de Setembro de 2015
Modificada em: 28 de Julho de 2021

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Manchas na pele

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Manchas na pele

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Manchas na pele

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Manchas na pele

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Manchas na pele

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Manchas na pele

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência