Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Veja a importância de higienizar pincéis e esponjas de maquiagem e por que eles não devem ser compartilhados

Descubra a importância de lavar pincéis e esponjas de maquiagem / Foto: Shutterstock
Descubra a importância de lavar pincéis e esponjas de maquiagem / Foto: Shutterstock

Entrevista com Dra. Luciana Kalache, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Você segue uma rotina de skincare à risca e até vai ao dermatologista com frequência, mas as espinhas, os cravos e a oleosidade só aumentam. O que pode estar acontecendo? Isso pode até te surpreender, mas higienizar os pincéis e esponjas de maquiagem que você usa diariamente é tão importante quanto lavar o rosto! Para entender um pouco mais sobre o assunto, o DermaClub entrevistou a dermatologista Luciana Kalache, de Curitiba, que explicou os perigos de não praticar este ritual pelo menos uma vez por semana. Veja só!

Descubra por que é importante limpar os pincéis e esponjas de maquiagem

Segundo a dermatologista Luciana Kalache, de Curitiba, Paraná, a higienização dos pincéis e das esponjas é fundamental para a saúde da pele. “As ferramentas de maquiagem acumulam produto e poeira, favorecendo o desenvolvimento de bactérias e fungos. Além disso, instrumentos contaminados podem causar irritações ou dermatites, que desencadeiam doenças infecciosas como foliculite, micose e herpes”, esclareceu.

Como higienizar os pincéis e esponjas de make: passo a passo

De acordo com a médica, o ideal seria limpar os materiais logo após o uso ou, pelo menos, uma vez por semana. Para isso, existem produtos específicos. “Uma outra alternativa é fazer a limpeza com água morna e shampoo neutro e, em caso de pincéis de cerdas naturais, utilizar também condicionador”, contou.

Confira o passo a passo de como limpar adequadamente as suas ferramentas de maquiagem:

Pincéis:
1) Encha uma bacia com um produto específico ou com uma mistura de água morna e shampoo neutro ou um gel de limpeza facial suave;
2) Lave as cerdas dos seus pincéis com as pontas dos dedos, deixando que toda a sujeira fique na água;
3) Enxágue com água corrente e evite molhar o cabo, já que isso pode fazer com que ele descole ou danifique;
4) Seque o excesso de umidade com uma toalha e por fim deixe seus pincéis secando na horizontal ou de cabeça para baixo, para que a água não chegue ao cabo.

Esponjas:
1) Da mesma forma, encha uma bacia com um produto específico ou com uma mistura de água morna e shampoo neutro ou gel de limpeza facial suave;
2) Esprema as esponjas dentro da água, “empurrando” a sujeira para fora delas. Repita o procedimento até ver que as esponjas estão limpas;
3) Enxagüe em água corrente;
4) Coloque suas esponjas para secar em cima de uma toalha.

Se a sua esponja estiver com um cheiro ruim ou manchinhas de mofo, está na hora de jogá-la fora e investir em uma nova!

Entenda por que os instrumentos não devem ser compartilhados

Muitas mulheres gostam de se arrumar junto com as amigas e, por isso, acabam compartilhando sombras, batons e utensílios de maquiagem. No entanto, segundo a dermatologista, usar produtos que não são seus, como os pincéis, intensificam os riscos de transmissão de doenças como conjuntivite, herpes e foliculite.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 13 de Junho de 2016
Modificada em: 28 de Julho de 2021

Dra. Luciana Kalache

Palavra do Dermatologista

Dra. Luciana Kalache

CRM: PR025411

Médica formada pela Universidade Federal do Paraná, realizou residência de Clínica Médica no Hospital de Clínicas da UFPR e especialização em Dermatologia pelo Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba. É membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, participa de vários congressos anualmente, além de ministrar aulas em eventos de importância nacional e estadual. Atua na área de dermatologia clínica e cirúrgica, atendendo crianças e adultos no tratamento dermatológico médico e estético.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Dermatologista

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Dermatologista

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Dermatologista

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Dermatologista

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Dermatologista

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência