Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Depilação com cera: os benefícios, como evitar as bolinhas e cuidar da pele depois da remoção dos pelos

Saiba quais são os pontos positivos e negativos da depilação com cera
Saiba quais são os pontos positivos e negativos da depilação com cera

Entrevista com Dra. Tatiana Nogueira Matos , membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

A depilação é praticada por homens e mulheres constantemente e pode ser realizada por meio de cera, linha, laser, pinça, cremes ou lâmina. O procedimento realizado com cera tem como característica retirar o pelo do corpo por completo, desde a raiz, porém, não é definitivo e necessita de certa regularidade. O DermaClub conversou com a dermatologista Tatiana Matos, de Salvador, na Bahia, para descobrir os prós e os contras desse método, quais os impactos na pele e quais os principais mitos que ouvimos sobre ele. Confira!

Descubra quais são os pontos positivos e os negativos da depilação com cera

De acordo com a médica, a cera tem pontos positivos e negativos. “Ela tarda o crescimento do pelo e acredito que este seja o maior benefício da técnica. Em contrapartida, a pele pode sensibilizar ou até mesmo queimar devido à temperatura. Também é comum notarmos pigmentação em regiões como virilhas e axilas”, esclareceu.

Entenda os impactos da cera na pele

Segundo a especialista, por conta da temperatura, a cera pode acabar queimando a pele, por isso, é importante realizar o procedimento com um profissional qualificado. “A tração também é um impacto. Na hora da depilação, quando a cera é puxada, ela sensibiliza o local. Além disso, o material pode irritar a pele mesmo contendo substâncias mais hidratantes, como o mel”, explicou.

Saiba o que são as bolinhas que podem aparecer na pele após a depilação

A dermatologista explica que é muito comum as pessoas apresentarem quadros de foliculite após a depilação. “O folículo piloso não é superficial, então, quando o pelo é retirado da raiz, o novo fio precisa fazer um caminho até chegar a superfície”, esclareceu, afirmando que existem duas causas para o problema:

- Pessoas que possuem pelos grossos passam por situações em o pelo faz curvaturas. Esse encurvamento do pelo faz com que ele não encontre um orifício de saída na pele, e acabe ficando preso;

- O outro tipo de foliculite acontece por que, com a depilação com cera frequente, o fio tende a ficar cada vez mais fino e não tem força ou rigidez suficiente para atravessar a pele e passar pela superfície externa. Por isso, muitas vezes ele chega até o topo, mas encontra uma parede desidratada, enrijecida. Logo, tem dificuldade em passar por ela e o pelo fica retido.

Dermatologista desvenda mitos sobre a depilação com cera

Para a médica, é importante desvendar dois mitos que estão presentes no nosso dia a dia e muitas vezes afastam homens e mulheres da depilação. “Muito se fala da possibilidade do procedimento desenvolver vasos nas pernas, mas isso não acontece por que a cera age de forma superficial. Além disso, também não há probabilidade da tração exercida pelo arrancar dos pelos influenciar na flacidez”, pontuou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 09 de Dezembro de 2015
Modificada em: 22 de Julho de 2021

Dra. Tatiana Nogueira Matos

Palavra do Dermatologista

Dra. Tatiana Nogueira Matos

CRM: BA16601

Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia/SBD, formada pela Universidade Federal da Bahia , realizou residência em clínica médica no Hospital Santo Antônio/ Ba e dermatologia na Universidade de Santo Amaro/ São Paulo. Atua na área de Dermatologia clínica, estética, cirúrgica e laser. Participa de todos os principais congressos nacionais e internacionais para estar sempre atualizada nos melhores tratamentos para seus pacientes.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Urticária colinérgica: o que é? Quais são as causas? O melhor tratamento para essa alergia na pele

Urticária colinérgica: o que é? Quais são as causas? O melhor tratamento para essa alergia na pele

Dermatologista

Dermatite no rosto: atópica, seborreica, perioral... conheça os tipos

Dermatite no rosto: atópica, seborreica, perioral... conheça os tipos

Dermatologista

Preenchimento facial com ácido hialurônico: dermatologista esclarece dúvidas sobre o tratamento

Preenchimento facial com ácido hialurônico: dermatologista esclarece dúvidas sobre o tratamento

Dermatologista

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito

Dermatologista

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Últimas Matérias

Melasma, sardas, melanoma: 5 tipos de manchas que podem surgir com a exposição solar Produtos para limpeza de pele caseira: gel de limpeza, esfoliante... 6 cuidados para ter no ritual Protetor para pele oleosa: conheça a diferença entre os produtos para cada situação O que usar na queimadura solar? Conheça produtos + cuidados para diminuir a ardência e manchas na pele Colágeno hidrolisado é bom? Qual é a melhor forma de prevenir e repor a perda dessa substância na pele? Melhor protetor solar para o verão: conheça as opções de produtos, FPS certo e textura ideal para a sua pele
Ver mais

escolha a loja de sua preferência