Main content

Colágeno: dermatologista fala o que é e como age na pele!

Colágeno é a proteína que constitui pele, unhas, cabelo e articulações. Saiba tudo sobre os efeitos de sua deficiência no corpo e pele e como revertê-las.
01 fev 2024

Colágeno é uma importante proteína, diretamente relacionada a elasticidade da pele, cabelos, unhas e na saúde das articulações  que nosso corpo diminui a produção a cada dia que passa. Conversamos com a dermatologista Gabriella Albuquerque, do time Dermaclub para sanar todas as suas dúvidas sobre esse tema e te dar super dicas para manter a linda por muito tempo, vem conferir!

O que é colágeno?

O colágeno é uma proteína vital, constituindo aproximadamente 30% do total de proteínas presentes no organismo humano e sua função primordial é proporcionar a integridade estrutural, elasticidade e resistência a diversos tecidos corporais, incluindo pele, músculos, tendões, ligamentos, ossos e cartilagens. 

A estrutura do colágeno é caracterizada por três cadeias polipeptídicas que se entrelaçam em forma de hélice, compostas por aminoácidos específicos como glicina, prolina e hidroxiprolina. Esta configuração tridimensional ajuda a entender por que o colágeno possui propriedades únicas de resistência à tração e flexibilidade

Infográfico sobre a estrutura do colágeno

Infelizmente, a partir dos 25 anos, o corpo começa a reduzir a produção de colágeno, podendo levar ao surgimento de sinais de envelhecimento, tais como rugas, flacidez da pele e enfraquecimento das articulações. “Quando a pele começa a ficar mais fina e seca, já se tem um indício de que esta proteína está sendo mais degradada e menos produzida e pode ser que a suplementação oral ou tópica possa ajudar.” conta a Dra. Gabriella

 

Para que serve o colágeno?

O colágeno é um componente fundamental para o bom funcionamento de todo o corpo humano, principalmente na força e elasticidade da pele, no crescimento dos cabelos e unhas, já que ajuda a fortalecer os folículos capilares e unhas, em manter a flexibilidade das cartilagens das articulações, evitando desgaste além do seu papel crucial na cicatrização de ferimentos e no sistema vascular. 

Com o tempo é normal que os níveis de colágeno em nosso organismo sofra uma queda, que se reflete na pele, articulações e outras partes do corpo: “Quando a pele começa a ficar mais fina e seca, já se tem um indício de que esta proteína está sendo mais degradada e menos produzida e pode ser que a suplementação oral ou tópica possa ajudar.” conta a Dra. Gabriella

Como o colágeno é produzido?

Ele é produzido naturalmente pelo corpo e tem como principal função garantir a integridade estrutural, elasticidade e resistência de diversos tecidos corporais, como a pele, os músculos, tendões, ligamentos, ossos e cartilagens. No entanto, sua produção diminui com o envelhecimento, levando a problemas como rugas e perda de elasticidade da pele.

Sendo produzido principalmente pelos fibroblastos, localizadas na camada média da pele, conhecida como derme, o colágeno é essencial para manter a sustentação e a firmeza da pele, sintetizando-os a partir dos aminoácidos lisina, prolina e hidroxiprolina

 

Quais os benefícios do colágeno para o corpo? 

Dentre os inúmeros benefícios dessa proteína, o colágeno desempenha um papel crucial na saúde das articulações, atuando como uma espécie de "amortecedor" nas articulações, ajudando a manter a cartilagem flexível e resistente, reduzindo o desgaste e o atrito, o que é especialmente benéfico para prevenir doenças como a osteoartrite. Pessoas que sofrem de dores articulares muitas vezes recorrem a suplementos de colágeno para aliviar os sintomas e melhorar a mobilidade.

Além disso, o colágeno é amplamente conhecido por seus benefícios para a pele. Ele contribui para a firmeza, elasticidade e a hidratação, e é o principal responsável pelo retardo no surgimento de rugas e linhas finas, mas conforme a produção de colágeno diminui naturalmente com o passar dos anos, o surgimento desses sinais de idade vem naturalmente. 

Além disso, o colágeno também desempenha um papel importante na saúde vascular, melhorando a elasticidade das paredes arteriais, portanto manter níveis adequados de colágeno no corpo pode te ajudar em diversos níveis, desde a pele até problemas mais graves de saúde. Vamos conferir todos esses benefícios de maneira mais detalhada, a seguir.

1- Aumenta a firmeza da pele

O colágeno desempenha um papel fundamental na manutenção da firmeza e elasticidade da pele, já que ele é responsável por dar estrutura e resistência à pele, como uma proteína fundamental na composição da matriz extracelular do tecido conjuntivo. 

O colágeno forma uma rede de fibras que proporciona suporte e ancoragem para as células da pele, mantendo-a firme e elástica, ajudando ainda a reter a água na pele e contribuindo para a hidratação e volume da pele, o que também auxilia na manutenção de sua firmeza. 


2- O colágeno previne o aparecimento de rugas

O colágeno é uma proteína que desempenha um papel crucial na prevenção do aparecimento de rugas, já que graças a sua estrutura firme e elástica, ela ajuda a pele a resistir às forças de tração e compressão, mantendo-a lisa e sem rugas. 

Além disso, o colágeno tem a capacidade de reter água, contribuindo para a hidratação e volume da pele, fatores que também ajudam a prevenir o surgimento de rugas. 


3- Deixa a pele uniforme

O colágeno é uma proteína essencial que ajuda a manter a pele com uma aparência jovem e saudável. Ele contribui para a uniformidade da pele de várias maneiras. Como ele atua como um preenchedor natural da pele e ajuda a suavizar linhas finas e rugas, isso pode fazer a pele parecer mais uniforme. O colágeno também ajuda a manter a pele hidratada, o que pode melhorar a textura da pele e torná-la mais suave e uniforme.

Finalmente, o colágeno também pode ajudar a reparar danos à pele, como cicatrizes ou hiperpigmentação. Ao promover a cura da pele, o colágeno pode ajudar a minimizar a aparência dessas imperfeições e melhorar a uniformidade da pele.

4- Fortalece os ossos

O colágeno compõe cerca de 30% da matriz óssea, fornecendo estrutura e resistência aos ossos e desempenhando um papel crucial no seu fortalecimento. Ele forma uma rede de fibras na matriz óssea que serve como suporte para a deposição de minerais como cálcio e fosfato, essenciais para a dureza e resistência dos nossos ossos. 

Além disso, o colágeno contribui para a flexibilidade dos ossos, o que ajuda a prevenir fraturas. Com o avanço da idade, a produção natural de colágeno pelo corpo diminui, o que pode levar à perda de densidade óssea e ao aumento do risco de fraturas, uma condição conhecida como osteoporose.


5- Aumenta a massa muscular

O colágeno compõe cerca de 1% a 10% do tecido muscular e é necessário para manter os músculos fortes e funcionando corretamente. Isso porque ele contribui para a síntese de proteínas musculares, como a creatina, e pode promover o crescimento muscular após exercícios físicos. 

O colágeno também contém os aminoácidos arginina e glicina, que são importantes para a construção do tecido muscular. O primeiro, a arginina, é um precursor do óxido nítrico, que melhora o fluxo sanguíneo para os músculos e ajuda a fornecer nutrientes essenciais para a recuperação e crescimento muscular, já a glicina é usada na formação de creatina, que fornece energia para os músculos durante o exercício. 


6- Fortalece o cabelo

O colágeno é uma proteína essencial para a saúde e força do cabelo. Ele compõe a estrutura do folículo capilar, a parte do couro cabeludo onde o cabelo cresce, formando uma espécie de escudo protetor ao redor de cada fio de cabelo, ajudando a manter a integridade e resistência de cada um deles. 

Além disso, o colágeno promove a hidratação do cabelo, já que tem a capacidade de reter água, contribuindo para a prevenção do ressecamento e quebra dos fios. O colágeno também é rico em aminoácidos que são necessários para a produção de queratina, a proteína que compõe a maior parte do cabelo. 


7- Fortalece os tendões e ligamentos

O colágeno contribui para a saúde e resistência dos tendões e ligamentos, estruturas que conectam os músculos aos ossos e os ossos entre si, respectivamente. Ele compõe a maior parte da matriz extracelular dessas estruturas, fornecendo-lhes resistência à tração e flexibilidade, formando uma rede de fibras que dá suporte e resistência aos tendões e ligamentos, permitindo que eles suportem as forças aplicadas durante o movimento e a atividade física. 

O colágeno ainda ajuda na recuperação e cicatrização de lesões nesses tecidos, pois é essencial para a formação de novas fibras durante o processo de cicatrização. 

Quais são os tipos de colágeno?


Existem diversos tipos de colágeno no corpo humano, sendo que mais de 28 tipos diferentes já foram identificados. No entanto, quando se trata dos benefícios para a pele, os tipos mais relevantes são o colágeno tipo I, tipo III e tipo IV. Vem conferir o que faz os principais tipos dessa proteína fundamental para o corpo humano: 

Colágeno tipo 1

O Colágeno Tipo 1 é o tipo mais abundante de colágeno presente no corpo humano, representando cerca de 90% do total de colágeno, e desempenha um papel crucial na manutenção da estrutura e resistência de tecidos como a pele, ossos, tendões, fibras conjuntivas, dentina e córnea. 

Além disso, ele contribui para a saúde e beleza da pele, ajudando a mantê-la firme e elástica. O Colágeno Tipo 1 é produzido naturalmente pelo organismo a partir de aminoácidos específicos obtidos através da alimentação e se você quer reforçar a alimentação, vale apostar em carnes vermelhas, frango, peixe e ovos, que são as principais fontes alimentares deste tipo de colágeno.


Colágeno tipo 2

O Colágeno Tipo 2 é uma proteína fundamental que compõe a estrutura das cartilagens, sendo essencial para a saúde e funcionalidade das articulações. Este tipo de colágeno atua na prevenção e tratamento de doenças degenerativas como a osteoartrite e a artrite reumatoide, pois ajuda a manter a resistência e flexibilidade das cartilagens, evitando seu desgaste. 

Esse segundo tipo de colágeno também é produzido naturalmente pelo organismo, mas sua produção tende a diminuir com o avanço da idade. As principais fontes alimentares deste tipo de colágeno são os tecidos conectivos e cartilaginosos de animais, encontrados principalmente em carnes bovinas e de frango. 

No entanto, muitas vezes a ingestão através da alimentação não é suficiente, tornando necessária a suplementação. Nesse contexto, a suplementação com Colágeno Tipo 2 pode ser uma estratégia eficaz para manter a saúde das articulações e prevenir o desenvolvimento de doenças degenerativas.


Colágeno hidrolisado

O colágeno hidrolisado é uma forma de colágeno que passou por um processo de hidrólise, que quebra as moléculas de proteína em peptídeos menores, tornando-o mais fácil de ser absorvido pelo organismo. Ele serve para suplementar a produção natural de colágeno pelo corpo, que tende a diminuir com o avanço da idade e tem diversas funções no organismo, incluindo a manutenção da saúde da pele, cabelos, unhas, ossos, tendões e ligamentos, além de contribuir para a saúde intestinal e cardiovascular.

Bem efetivo, diversos estudos científicos têm demonstrado que o colágeno hidrolisado ajuda a melhorar a elasticidade e hidratação da pele, reduzir rugas, fortalecer as articulações e aumentar a densidade óssea. A forma mais encontrada para venda online dessa forma de colágeno é como uma forma de proteína de baixa caloria, que não engorda e nem costuma causar efeitos colaterais, podendo apenas apresentar efeitos colaterais leves como distúrbios gastrointestinais.

 

Como o corpo perde colágeno?

A perda de colágeno no corpo é um processo natural que ocorre com o avanço da idade. A partir dos 25 anos, a produção de colágeno pelo organismo começa a diminuir em cerca de 1% ao ano, influenciado por vários fatores como o envelhecimento celular, alterações hormonais e danos causados por fatores ambientais, como a exposição excessiva ao sol e a poluição.


Como repor colágeno no corpo?


A reposição de colágeno no corpo pode ser feita através de diversas estratégias a depender dos seus objetivos e necessidades. Confira a seguir quais são cada uma delas: 


Produtos de skincare com colágeno

Os produtos de skincare que estimulam o colágeno na pele são formulados para fornecer à pele um impulso extra desta proteína, ajudando a manter a pele firme, elástica e jovem, podendo incluir cremes, séruns, máscaras e suplementos orais. A indicação de Dermaclub aqui é o Creme Colágeno Specialist da Vichy!

Este creme inovador foi formulado com ingredientes poderosos, como Vitamina C e Biopeptídeos, que ajudam a estimular a produção natural de colágeno na pele. Mas para além disso, ele contém Água Vulcânica de Vichy, conhecida por suas propriedades fortificantes e regenerativas, que irão assegurar a boa absorção e aceitação do produto na sua pele.

O Creme Colágeno Specialist da Vichy não só ajuda a compensar a perda natural de colágeno, mas também oferece vários benefícios para a pele, graças a sua capacidade de reduzir rugas e linhas finas, melhorar a firmeza da pele e proporcionar um efeito lifting duradouro. Sua textura leve e não oleosa é adequada para todos os tipos de pele, inclusive as mais sensíveis.
 

Creme de colágeno de Vichy, que combate linhas finas, rugas e flacidez na pele


Suplementação

A suplementação é uma das formas de auxiliar o organismo na produção do colágeno no corpo. Isso porque os suplementos de colágeno geralmente vêm na forma de colágeno hidrolisado, também conhecido como peptídeos de colágeno, que são facilmente absorvidos pelo organismo, e podem ser encontrados em diversas formas, incluindo pó, cápsulas e líquidos, e podem ser incorporados facilmente à dieta, sendo adicionados a alimentos e bebidas como sucos, iogurtes e sopas. 

A suplementação com colágeno pode trazer inumeros benefícios para a saúde, incluindo a melhora da elasticidade e hidratação da pele, redução de rugas, fortalecimento das articulações, ossos e cabelos, e aumento da massa muscular. 

No entanto, é importante lembrar que a suplementação deve ser acompanhada por uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes que auxiliam na produção de colágeno, como vitamina C, cobre e aminoácidos específicos. Afinal, ela age como um adjuvante, auxiliando e reforçando esses cuidados que promovem o estímulo de colágeno na pele.


Alimentação

O colágeno pode ser encontrado em fontes naturais, como em peixes, aves e bovinos. No entanto, é importante observar que o colágeno presente nesses alimentos precisa ser quebrado em partículas menores para ser absorvido efetivamente pelo corpo. Além disso, a gelatina é conhecida por conter colágeno, embora seu peso molecular seja tão elevado que para obter benefícios visíveis na pele seria preciso consumir 30 gelatinas diariamente, algo impraticável. 
 

Quais são os alimentos ricos em colágeno?


Existem diversos alimentos ricos em colágeno que podem ser incorporados à dieta para ajudar a manter os níveis dessa proteína essencial no organismo. O colágeno pode ser encontrado em fontes naturais, como em alimentos de origem animal como carnes vermelhas, frango, peixe e ovos, especialmente as partes mais fibrosas e cartilaginosas desses animais. 

A gelatina, feita a partir do cozimento de tecidos animais ricos em colágeno, também é uma excelente fonte. Além disso, existem alimentos que não contêm colágeno em si, mas são ricos em nutrientes que o corpo precisa para produzi-lo, como vitamina C, cobre e lisina. Isso inclui frutas cítricas, morangos, pimentões, nozes e legumes. Outra opção são os caldos e sopas feitos com ossos de animais, que são ricos em colágeno.

 

Como saber se eu preciso tomar colágeno?


Segundo nossa dermato, Gabriella Albuquerque, a deficiência de colágeno é bem aparente, e seus primeiros sinais são o afinamento da pele acompanhado de uma secura. Indicando que a pele está degradada e com baixa produção de colágeno. Uma suplementação pode ser indicada. 

“Pela manhã o uso tópico de vitamina C e ácido hialurônico auxiliam a evitar a degradação do colágeno. E à noite, é interessante implementar cremes de tratamento mais profundos, como cremes de retinol ou ácido glicólico, que estimulam a produção de colágeno. Fazer reposição oral de vitaminas como silício ou vitamina C também são uma opção já que funcionam como co-fatores na produção dessa proteína” comenta a médica. 

O novo lançamento da Vichy, Creme Colágeno Specialist pode ser exatamente o que você precisa, este creme proporciona 48h de hidratação enquanto aumenta a tonicidade da pele, melhora a uniformidade do tom, reduz a flacidez e rugas aparentes. Ele estimula a produção de colágeno porque tem biopeptídeos pró-colágeno em sua fórmula, além de Vitamina CG e Niacinamida.
 

Creme de colágeno de Vichy.

Inclusive, o Dermaclub conta com um clube de vantagens que oferece benefícios exclusivos para membros na compra desse e outros produtos em nosso site, faça já o seu cadastro e aproveite seus pontos obtidos a partir de suas compras para conseguir novos produtos!

Fazer reposição oral de vitaminas como silício ou vitamina C também são uma opção já que funcionam como co-fatores na produção dessa proteína. 
 

Pode tomar colágeno todos os dias?


“Sobre a rotina, sempre vale consultar o dermatologista, mas o uso oral pode ser feito diariamente e não existem complicações nem a curto, nem a longo prazo de que o uso oral de colágeno possa fazer mal.” diz a dermatologista.  


“O melhor horário para tomar colágeno é à noite, após 2 horas da última refeição, já que a melhor absorção é quando o estômago está com pH ácido. Sobre a rotina, sempre vale consultar o dermatologista. Mas o uso oral pode ser feito diariamente” conta a Dra. à equipe Dermaclub. Isso porque o corpo passa por processos de reparação durante o sono, e o colágeno tem papel crucial nesses processos de regeneração da pele e dos tecidos.

 

Como montar uma rotina de skincare para manter a pele firme?

Agora que você já está por dentro de tudo sobre colágeno, o que resta é criar uma rotina de cuidados para prolongar a maciez e elasticidade da sua pele, correto? Confira abaixo as melhores dicas que Dermaclub trouxe sobre o assunto! 

  • Limpeza: É a primeira etapa de qualquer rotina de cuidados com a pele. Procure entender qual o seu tipo de pele e procure produtos específicos para ela. Por exemplo: se você tem pele seca, procure loções de limpeza mais hidratantes e brandas, mas se sua pele for oleosa, prefira produtos com maior potencial limpante e ativos como ácido salicílico
  • Sérum: Essa etapa é crucial no combate a rugas e linhas finas de expressão. Os séruns são produtos pensados no combate de problemas no que diz respeito à pele, aqui indicamos o Hyalu B5, que concentra o poder no  ácido hialurônico, vitamina B5, madecassoside e Água Termal de La Roche-Posay para reduzir linhas finas e rugas, melhorar a elasticidade e reparar a pele
  • Hidratação:  Se você não quer perder a elasticidade da pele de forma precoce, é bom manter-se sempre bem hidratado, tanto internamente quanto externamente. Um ótimo creme que foca em reposição de colágeno e hidratação da pele e ainda é o mais novo lançamento da Vichy é o Creme Colágeno Specialist. Esse produto foi desenvolvido com uma fórmula potente, contendo ingredientes ativos como Vitamina CG e Biopeptídeos, que ajudam a estimular a produção natural de colágeno na pele, reduzindo rugas e linhas finas, melhorando a firmeza da pele e proporcionando um efeito lifting duradouro.
  • Proteção Solar: O principal responsável pelo envelhecimento precoce da nossa pele são os raios solares, portanto nada de esquecer o protetor solar na sua rotina de cuidados! Dermaclub indica o uso do Ultra Cover da La Roche-Posay, que combina a proteção solar com a cobertura de uma base, ideal para quem busca praticidade sem abrir mão da saúde da pele. possuindo alta cobertura, este protetor solar é capaz de disfarçar imperfeições e uniformizar o tom da pele, sem deixar a sensação de maquiagem pesada. Com o Ultra Cover da La Roche-Posay, você pode manter sua pele protegida e bonita em qualquer situação.
  • Cuidados Noturnos: Ativos com retinol também podem ser úteis se seu foco é reversão de rugas mais pesadas, mas por se tratar de um produto mais forte, é indicado procurar um dermatologista.   

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Clube de Vantagens
Publicado em 01 de fevereiro de 2024
Modificado em 07 de maio de 2024

Orientation message
For the best experience, please turn your device