Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Como preparar a sua pele para o peeling químico? Cuidados + o que evitar antes do procedimento

Confira a matéria e saiba como preparar a sua pele antes de fazer um peeling químico / Foto: Getty Images
Confira a matéria e saiba como preparar a sua pele antes de fazer um peeling químico / Foto: Getty Images

Entrevista com Dra. Carolina Reato Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Antes de fazer qualquer tratamento estético, usar algum produto ou passar maquiagem, é sempre importante preparar a pele. O mesmo cuidado vale principalmente para os procedimentos mais abrasivos, como o peeling químico. Ele ajuda na renovação da pele, podendo auxiliar no controle a oleosidade, minimizar rugas, clarear manchas e até melhorar a aparência de cicatrizes de acne. Para entender melhor os cuidados a ter antes de realizar um peeling, entrevistamos a dermatologista Carolina Marçon, de São Paulo, que esclareceu tudinho ao DermaClub.

Por que preparar a pele antes do peeling químico?

A médica conta que para fazer um peeling químico, a pele deve ser preparada com antecedência - de sete a 15 dias - e receber um tratamento logo após o procedimento. “Estes cuidados permitem que a técnica proporcione melhores resultados e ajuda a evitar efeitos indesejáveis, como pigmentação pós-peeling ou queimaduras”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como preparar a pele antes do peeling químico

Para preparar a pele para o peeling químico, a Drª Carolina indica seguir uma rotina regrada que inclui limpeza, hidratação, fotoproteção, atenuação de manchas preexistentes e diminuição suave da espessura da camada córnea, através da aplicação de cremes à base de ácido retinóico e hidroquinona - sempre receitados pelo médico dermatologista. Ela explica a ação dessas substâncias específicas na pele antes do tratamento:

“O ácido retinóico melhora a capacidade de cicatrização, pois aumenta a proliferação de queratinócitos, provoca angiogênese e neocolagênese - proliferação de vasos e colágeno, respectivamente. A hidroquinona diminui a capacidade responsiva dos melanócitos, sendo essencial para evitar a hiperpigmentação pós-inflamatória - manchas escuras”, atentou. É importante ressaltar que os cuidados podem variar de acordo com cada peeling e pele do paciente. Reforçamos: consulte sempre seu dermatologista antes de fazer o uso esses ingredientes!

Outros cuidados importantes antes de fazer o peeling químico

- Todo paciente, mesmo não tendo histórico de herpes, deve ser medicado com antivirais antes de fazer peelings médios ou profundos - o mesmo cuidado deve ser feito por até sete dias após o procedimento. “Isso é necessário devido à grande agressão à qual a pele é exposta, que acaba facilitando a proliferação viral”, esclareceu.

- Antes de fazer o peeling ou qualquer procedimento estético, certifique-se que as substâncias utilizadas são de boa qualidade e devidamente aprovadas pela vigilância sanitária. Pergunte ao seu dermatologista o nome e a origem desses produtos, depois confirme se são seguros. Não fique com receio de questionar seu médico! Se o profissional for de extrema confiança, vai passar todas essas informações para você encarar o tratamento de forma mais tranquila e confiante!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 12 de Setembro de 2019
Modificada em: 22 de Julho de 2021

Dra. Carolina Reato Marçon

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Reato Marçon

CRM: 113.379

Especialização em Clínica Médica e Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Médica Colaboradora do Setor de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Coordenadora do Programa Pró-Albino; Fellowship em Cosmiatria - Dr. Zoe Draelos, Carolina do Norte - EUA; Fellowship em Tricologia - Universidade de Bolonha, Itália - Prof. Antonella Tosti; Fellowship em Dermatoscopia e Microscopia Confocal - Universidade de Modena / Reggio Emilia, Itália; Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Academia Americana de Dermatologia e do Colégio Ibero-Latinoamericano de Dermatologia

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Manchas nas costas podem ser melasma? Dermatologista indica o melhor tratamento para as marcas

Manchas nas costas podem ser melasma? Dermatologista indica o melhor tratamento para as marcas

Manchas na pele

Manchas vermelhas no corpo que coçam e se espalham: o que pode ser? Alergia, psoríase ou dermatite atópica?

Manchas vermelhas no corpo que coçam e se espalham: o que pode ser? Alergia, psoríase ou dermatite atópica?

Manchas na pele

Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne

Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne

Manchas na pele

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Manchas na pele

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Manchas na pele

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Manchas na pele

Últimas Matérias

Hidratante para pele com espinhas? Saiba porque a pele ressecada pode aumentar a oleosidade e a acne É possível fechar os poros abertos? Que cuidados com a pele oleosa devem ser adotados? Manchas, envelhecimento, câncer de pele: por que você não deve descuidar da proteção solar mesmo no inverno! Linhas de expressão na testa: veja como é possível amenizar esses sinais da pele! Resenha H.A. Filler: veja como o sérum anti-idade de Vichy ajuda a evitar rugas e linhas de expressão Rotina de skincare com Effaclar: saiba como incluir o sabonete para pele oleosa no ritual diurno e noturno
Ver mais

escolha a loja de sua preferência