Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Pele sensível: saiba os fatores que estimulam a sensibilidade da região e os principais cuidados para adotar

Confira a matéria e saiba como cuidar adequadamente da pele sensível
Confira a matéria e saiba como cuidar adequadamente da pele sensível

Entrevista com Dra. Gabriella Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Cuidar da pele sensível nem sempre é uma tarefa fácil! Essa condição incomoda com o ressecamento, vermelhidão, aspecto opaco e até mesmo com o surgimento de algumas lesões. Descobrir com que tipo de sensibilidade você está lidando pode ajudar a diminuir esses sintomas da pele. O DermaClub conversou com a dermatologista Gabriella Albuquerque, que explicou todos os fatores que podem influenciar esse problema e como tratá-lo. Confira!

O que é a pele sensível?

A pele que está sensível, que também pode ser chamada de intolerante ou reativa, é aquela que possui maior grau de sensibilidade ou sintomas sensoriais anormais. Ela apresenta uma condição bastante complexa que pode despertar muitas reações, que são causadas por uma série de fatores, como a médica explica: “A sensibilidade pode ser hereditária, induzida por uso de cosméticos inadequados, alimentos, mudanças climáticas, uso de certos medicamentos, peeling ou laser ou por alterações sistêmicas, como o caso de doenças autoimunes”.

Conheça os sintomas da pele sensível:

- Vermelhidão;
- Coceira;
- Ardor;
- Irritação;
- Queimação;
- Repuxamento.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Diferentes tipos e causas da sensibilidade

Diversos fatores, combinados ou não, podem estimular ou mesmo induzir a sensibilidade na pele. As causas podem ser:

Vasculares: quando as paredes dos vasos sanguíneos estão fragilizadas devido a fatores externos - como a ingestão de temperos fortes e bebidas alcoólicas;

Ambientais: coceira ou queimação causadas pelo vento, ar seco, exposição solar, calor ou frio em excesso e poluição;

Procedimentos dermatológicos: a pele pode reagir à aplicação de ingredientes mal tolerados, além de sabonetes muito adstringentes ou tratamentos com ácidos;

Atopia: é uma tendência hereditária em que a pessoa desenvolve manifestações alérgicas;

Doenças da pele: as rosáceas e dermatites podem induzir a sensibilidade da pele.

Entenda como cuidar da pele sensível

Os três principais passos para cuidar de uma pele com sensibilidade são: limpeza suave, hidratação e proteção solar. É a mesma rotina básica de skincare de qualquer tipo pele, mas usando produtos específicos para tratar essa condição. A Drª Gabriela indica os principais cuidados:

- Dar preferência para uso de cremes ou loções;
- Preferir cosméticos facilmente removíveis;
- Descartar cosméticos fora da validade;
- Optar por protetores solares que sejam hipoalergênicos;
- Manter a pele hidratada com substâncias prebióticas;
- Evitar produtos com mais de 10 componentes, preferir fórmulas minimalistas.

Rotina de cuidados com a pele sensível

1ª passo) Limpeza: usando produtos hipoalergênicos e específicos para o seu tipo de pele, limpe o rosto com delicadeza;

2ª passo) Hidratação: em seguida, aplique o hidratante, livre de fragrâncias e corantes, e aposte em formulações que contenham glicerina, ceramida ou hidroxietiluréia;

3º passo) Proteção: para finalizar, passe a quantidade de uma colher de chá de protetor solar com FPS maior ou igual a 30, e reaplique a cada duas horas.

Quanto mais simples for a sua rotina e constante o uso de dermocosméticos com formulações minimalistas, menos sensível a sua pele ficará!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 17 de Novembro de 2015
Modificada em: 27 de Julho de 2021

Dra. Gabriella Albuquerque

Palavra do Dermatologista

Dra. Gabriella Albuquerque

CRM: 52.71503-4

A Dra. Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, é membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Ao longo de sua carreira, a Dra. Gabriella tem capítulos de livros publicados, artigos em revistas dermatológicas e ministra aulas em diversos congressos, cursos e workshops para outros dermatologistas.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Manchas nas costas podem ser melasma? Dermatologista indica o melhor tratamento para as marcas

Manchas nas costas podem ser melasma? Dermatologista indica o melhor tratamento para as marcas

Manchas na pele

Manchas vermelhas no corpo que coçam e se espalham: o que pode ser? Alergia, psoríase ou dermatite atópica?

Manchas vermelhas no corpo que coçam e se espalham: o que pode ser? Alergia, psoríase ou dermatite atópica?

Manchas na pele

Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne

Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne

Manchas na pele

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Manchas na pele

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Manchas na pele

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Manchas na pele

Últimas Matérias

Hidratante para pele com espinhas? Saiba porque a pele ressecada pode aumentar a oleosidade e a acne É possível fechar os poros abertos? Que cuidados com a pele oleosa devem ser adotados? Manchas, envelhecimento, câncer de pele: por que você não deve descuidar da proteção solar mesmo no inverno! Linhas de expressão na testa: veja como é possível amenizar esses sinais da pele! Resenha H.A. Filler: veja como o sérum anti-idade de Vichy ajuda a evitar rugas e linhas de expressão Rotina de skincare com Effaclar: saiba como incluir o sabonete para pele oleosa no ritual diurno e noturno
Ver mais

escolha a loja de sua preferência