Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Vitamina C para a pele do rosto: 5 dúvidas mais comuns sobre o ativo antioxidante

Desvende as 5 maiores dúvidas sobre vitamina C para a pele do rosto!
Desvende as 5 maiores dúvidas sobre vitamina C para a pele do rosto!

Entrevista com Dra. Juliana Jordão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Talvez você já esteja cansada de saber que a vitamina C possui uma variedade de benefícios para a pele! Entre eles, clarear manchas, prevenir e reduzir rugas, além de neutralizar a produção dos radicais livres, causadores do envelhecimento precoce. Mas mesmo sabendo de tudo isso, ainda existem muitas dúvidas sobre o uso dessa substância. Pensando nisso, o DermaClub entrevistou a dermatologista Juliana Jordão, que esclareceu as 5 principais questões sobre o uso da vitamina C para o rosto. Confira!

1) A vitamina C pode ser usada de manhã?

A vitamina C pode ser usada tanto de manhã, quanto à noite. Entretanto, a médica afirma que o mais indicado é que a substância seja utilizada logo no primeiro horário para acompanhar o uso do filtro solar. “Após a higienização da face e sempre antes do protetor. A vitamina C possui um efeito sinérgico com o filtro solar, é como se ele potencializasse a fotoproteção, por isso sua indicação de uso diurno”. A utilização diurna da vitamina C também ajuda a combater os danos da poluição.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) A vitamina C também ajuda no tratamento de rugas e manchas?

A Vitamina C tem muitos benefícios, além de ser um excelente antioxidante. “Em associação com outros ativos e procedimentos ela é uma ótima aliada no rejuvenescimento e no clareamento de manchas”. Ela ainda estimula a produção de colágeno melhorando os primeiros sinais do envelhecimento – aqueles já existentes – como linhas finas ao redor dos olhos, e ainda auxilia no clareamento da pele, proporcionando uma pele mais uniforme e luminosa.

3) É melhor usar a Vitamina C na forma tópica ou oral?

As duas formas de uso são importantes, mas a dermatologista garante: “Quando a vitamina C é usada de forma tópica, há uma ação local otimizada, proporcionando um efeito mais direto na pele”. Para garantir um melhor resultado, opte por produtos com vitamina C pura (procure por ácido ascórbico “ascorbic acid” no rótulo) e que contenham outros antioxidantes na formulação, como a vitamina E, Phloretin e o ácido ferúlico.

4) A vitamina C pode ser usada na pele oleosa?

A vitamina C pode ser usada em todos os tipos de pele. Não há nenhuma limitação ao uso da substância. Por outro lado, é importante usar o dermocosmético com a textura ideal para o seu tipo de pele, principalmente a mais oleosa e com tendência à acne. A Drª Juliana conta: “Hoje temos ótimas opções de vitamina C em sérum, que é o veículo ideal para peles oleosas. Utilizando o veículo correto, ela não causa acne!”.

Para peles oleosas, acneicas ou mistas, use bases mais leves ou aquosas. Quem possui a região mais seca ou com tendência ao ressecamento, produtos oleosos com alta emoliência são os mais adequados. Porém, um veículo excelente para todos os tipos de pele é a textura sérum. Ela é suave, rapidamente absorvida e não deixa uma sensação desagradável sobre a pele. Além disso, permite o uso em conjunto com outros produtos, como hidratantes, clareadores e filtro solar.

5) Quem tem pele negra pode usar produtos com vitamina C?

É claro que sim! “Qualquer fototipo pode se beneficiar do uso da vitamina C, principalmente pessoas de pele negra, já que vão apresentar uma maior uniformidade de sua tonalidade natural com o uso da substância”, concluiu.

DÚVIDA EXTRA: A vitamina C pode oxidar? De que cor o produto fica?

Caso o produto fique aberto ou exposto ao ar por um período prolongado, a médica alerta que a vitamina C pode sim oxidar. Mas como dá para saber que o produto oxidou? Pela mudança de cor! “De clara, a vitamina C fica laranja ou marrom ou causa a intensificação da cor marrom, além disso, o cheiro também costuma mudar”, disse.

A boa notícia é que os frascos mais modernos protegem o produto deste contato prolongado com o ar e também da luz, mas é muito importante fechar bem a tampa a cada uso e guardá-lo em um local fresco e com pouca iluminação.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 04 de Julho de 2018
Modificada em: 22 de Outubro de 2019

Dra. Juliana Jordão

Palavra do Dermatologista

Dra. Juliana Jordão

CRM: 23783

Graduada pela Faculdade Evangélica do Paraná e especialista em dermatologia pelo Hospital Universitário Evangélico de Curitiba e em Clinical Fellowship em Laserterapia na Bélgica. É membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Atualmente ministrando aulas de Laserterapia e Cosmiatria nos Congressos Brasileiro de Dermatologia, de Cirurgia Dermatológica, Simpósio Anual de Cosmiatria e Laser, entre outros. Além de aplicar treinamento em Fotodermatologia para outros médicos dermatologistas em diversas cidades do Brasil.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Dermatologista

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Dermatologista

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais