Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Queratina: o que é? Qual é a função da queratina nos cabelos? Como usar na rotina de cuidados capilar?

Entenda o que é a queratina e quais os seus benefícios para a saúde dos cabelos / Foto: Getty Images
Entenda o que é a queratina e quais os seus benefícios para a saúde dos cabelos / Foto: Getty Images

Entrevista com Dra. Carolina Reato Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

A queratina é um dos ingredientes chave para conquistar um cabelo saudável. Os seus efeitos no tratamento capilar incluem o fortalecimento e a proteção da fibra, além de outros benefícios. No entanto, essa substância ainda gera muitas dúvidas: ela pode quebrar os fios? Endurece ou alisa o cabelo? Para entender melhor esse ingrediente, a sua função na rotina de cuidados capilares e como incluí-lo no ritual, o DermaClub bateu um papo com a dermatologista Carolina Marçon. Dá só uma olhada nas dicas que ela separou para você!

1. O que é a queratina?

Segundo a médica, a queratina é uma proteína constituída por 15 aminoácidos, sendo um deles bem predominante, chamado de cisteína. “Essa substância tem a função de proteger e dar resistência a algumas estruturas do nosso corpo, principalmente o cabelo”. Ela representa 90% da formação dos folículos, sendo essencial para que estes tenham vida, elasticidade e resistência. Assim, você não precisa mudar o visual, como cortar o cabelo à toa.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Onde a queratina está presente no nosso corpo?

A queratina está majoritariamente presente nos cabelos e nas unhas. Embora ela exista naturalmente nessas regiões, há muitas agressões capazes de destruí-la, principalmente nas madeixas.

3. Qual é a função da queratina no nosso cabelo?

No cabelo, a queratina tem a função de proteger e preservar os nutrientes presentes dentro do fio. “Ela funciona como uma capa protetora que impede a perda de água dentro da haste capilar, protege o fio, dá um aspecto mais brilhante e maleável. Mas quando ocorrem as agressões, como o uso de ferramentas quentes ou químicas, a substância é degradada, deixando o cabelo desvitalizado e quebradiço”, esclareceu. 

4. Podemos perder a queratina do cabelo? Como isso acontece?

A queratina produzida pelo nosso corpo se perde naturalmente com a ação do sol e dos outros elementos externos, mas alguns hábitos podem intensificar esse processo. Secador e chapinha removem a umidade natural dos fios e, quando usados com frequência, podem também influenciar a perda de proteínas/aminoácidos, como é o caso da queratina. Algo parecido acontece quando falamos sobre escovas progressivas e outras químicas capilares, que remodelam a estrutura do fio. Ao abrir e fechar as cutículas do cabelo para esse processo, perde-se queratina e, como consequência, a fibra capilar fica cada vez mais fina.

5. Quais danos podem remover a queratina do cabelo?

- Chapinha;
- Secador;
- Babyliss;
- Radiação solar;
- Coloração;
- Descoloração.
- Escova progressiva;
- Outras químicas.

6. Como repor a queratina que foi perdida?

Nessas situações, conseguimos fazer a reposição de queratina. “Existem produtos sintéticos que podem ser aplicados no cabelo para fazer a reestruturação do fio acrescentando a proteína que foi perdida”. A Drª Carolina deu algumas opções:

Nanoqueratinização: é feita com uma escova que fica ligada a um aparelho que contém queratina líquida, que vai sendo distribuída nos fios quando for passada no cabelo.

Cauterização: também conhecida como plástica capilar, que é feita através de uma limpeza, hidratação, depois é feita uma carga de queratina e o aquecimento com a chapinha para consolidar. Por último, vem a finalização com silicone.

Reconstrução capilar: recomendada para cabelos extremamente danificados. O tratamento é feito através do depósito de queratina nos cabelos, outras proteínas e alguns minerais que fazem a hidratação e a proteção.

Linha capilar à base de queratina: a proteína consegue ser reposta gradativamente, através do uso de dermocosméticos que ajudem nesse sentido, como os shampoos, condicionadores e máscaras enriquecidos com queratina.

Produtos relacionados

7. E quais são os cuidados para evitar a perda da queratina?

- Diminuir o uso da chapinha, do secador e do babyliss;
- Se for usar, aplicar um protetor térmico antes;
- Espaçar mais o retoque da sua coloração;
- Descolorir o cabelo somente com um profissional.

8. É verdade que a queratina pode alisar o cabelo?

Mito. Se você tem cabelo cacheado, ondulado ou crespo e quer manter a curvatura dos fios, não precisa se preocupar com o uso da queratina. Como se trata de um tratamento reconstrutor, que enriquece os fios com proteínas, a queratina também é benéfica para as cacheadas!

9. A queratina pode deixar o cabelo endurecido e causar quebra?

Mito, mas só se você não exagerar no seu uso. Os produtos à base de queratina funcionam a partir da reposição desse componente, que é perdido ao longo do tempo, na fibra capilar. O resultado são fios mais estruturados e fortes, que resistem à quebra. Entretanto, usar a queratina de forma exagerada pode sim ter um efeito inverso: os fios ficam mais rígidos, o que gera o aspecto endurecido, e quebradiços. O ideal é apostar numa linha completa de shampoo, condicionador e leave-in que entreguem concentrações inteligentes do ingrediente, de preferência recomendada pelo seu dermatologista, para ficar longe de riscos.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 28 de Janeiro de 2020
Modificada em: 28 de Julho de 2021

Dra. Carolina Reato Marçon

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Reato Marçon

CRM: 113.379

Especialização em Clínica Médica e Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Médica Colaboradora do Setor de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Coordenadora do Programa Pró-Albino; Fellowship em Cosmiatria - Dr. Zoe Draelos, Carolina do Norte - EUA; Fellowship em Tricologia - Universidade de Bolonha, Itália - Prof. Antonella Tosti; Fellowship em Dermatoscopia e Microscopia Confocal - Universidade de Modena / Reggio Emilia, Itália; Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Academia Americana de Dermatologia e do Colégio Ibero-Latinoamericano de Dermatologia

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Manchas na pele

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Manchas na pele

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Manchas na pele

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Manchas na pele

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Manchas na pele

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Manchas na pele

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência