Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Ácido salicílico para acne e oleosidade: o que é, como usar e quais os benefícios para a sua pele

Confira a matéria e saiba tudo sobre o ácido salicílico / Foto: Shutterstock
Confira a matéria e saiba tudo sobre o ácido salicílico / Foto: Shutterstock

Redação por Livia Dambrosio

Só quem tem a pele oleosa e com tendência à acne sabe que pode apresentar muito incômodo nos momentos de crise. Para controlar essas condições, é importante apostar em produtos e procedimentos com ativos que ajudam a equilibrar o excesso de brilho e a formação de cravos e espinhas no rosto, um deles é o ácido salicílico. Ele pode ser usado em dermocosméticos ou em procedimentos estéticos, como o peeling químico. Você já ouviu falar nesse ingrediente? O DermaClub, com ajuda da dermatologista Carolina Marçon, fez um apanhado geral e explicou todas as funções, benefícios e como utilizar o ativo na sua rotina de cuidados com a pele.

1. O que é o ácido salicílico?

O ácido salicílico é um beta-hidroxiácido que tem várias propriedades benéficas na pele. “Ele possui ação queratolítica, que deixa a pele mais fina, antimicrobiana, que ajuda a diminuir a invasão de bactérias e fungos, também proporciona uma ação seborreguladora, que age no controle da oleosidade, além do seu poder anti-inflamatório”, esclareceu a médica. Por isso, ele é considerado o ativo mais indicado para o tratamento da acne.

Como esse ácido atua na nossa pele? Ele permite uma renovação das células superficiais, removendo as células mortas e estimulando a produção de novas. Esse mecanismo de ação promove um controle da oleosidade diminuindo as imperfeições da pele.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Quais os benefícios do ácido salicílico para a pele?

2. 1. Esfoliação: facilita a renovação celular e melhora as camadas da pele, controlando a acne, a dermatite seborreica e a psoríase. Ao esfoliar, o ácido salicílico renova a pele, remove as células mortas e o excesso de oleosidade.

2. 2. Ação antibacteriana e antifúngica: com a capacidade de prevenir a proliferação e eliminar bactérias e fungos, esse ácido deixa a pele mais saudável.

2. 3. Ação anti-inflamatória: o ácido salicílico é um poderoso agente no combate à inflamação dos tecidos.

2. 4. Regulação da oleosidade: como tem efeito comedolítico, inibe a formação dos cravos e ajuda a controlar a produção de sebo. Assim, essa substância desobstrui os poros e, consequentemente, diminui a incidência de espinhas, além de diminuir a produção excessiva de brilho.

3. Ácido salicílico para a pele oleosa e acne

Uma das principais funções do ativo é sua ação anti-inflamatória. Além disso, ele também esfolia, renova a pele do rosto, removendo as células mortas e o excesso de oleosidade.

Com todas essas características, podemos dizer que o ácido salicílico é indicado para o tratamento de acne, agindo contra a formação das lesões de espinhas. Ele tem efeito comedolítico, ou seja, inibe a formação dos cravos, e ajuda a controlar a produção de sebo. Outro ponto positivo é a ação anti-inflamatória, que reduz as lesões.

4. Dermocosméticos com ácido salicílico

- Gel de limpeza

Hoje em dia, existem no mercado opções de gel de limpeza enriquecidos com ácido salicílico para eliminar todas as impurezas e vestígios de oleosidade do rosto. O ideal é apostar na técnica de 60 segundos - isto é, aplicar o produto no rosto úmido e massagear durante 60 segundos antes de enxaguar, para que o ativo seja ainda mais eficaz.

Produtos relacionados

- Vitamina C + ácido salicílico

Na hora de escolher a sua vitamina C, o ideal é apostar em uma fórmula que possua também ácido salicílico na sua composição, para garantir os benefícios de ambos os ativos no seu rosto. 

Produtos relacionados

- Sérum hidratante

Para quem tem a pele oleosa e/ou acneica, uma boa opção de hidratação é o sérum. Além do ácido salicílico, é importante que este dermocosmético possua ácido hialurônico, derivado de probiótico e argila na sua composição, para garantir um resultado completo. 

Produtos relacionados

- LHA + ácido salicílico 

Uma boa dica é apostar em um produto ou procedimento composto por esses dois ativos. O LHA tem uma alta penetração na pele, junto com o ácido salicílico eles atuam em sinergia para promover uma esfoliação controlada e ter melhor resultado no tratamento da pele acneica e oleosa.

 

Produtos relacionados

5. Procedimentos com ácido salicílico

Além dos dermocosméticos, temos também os procedimentos estéticos com ácido salicílico que podem beneficiar muito a pele oleosa. O peeling químico, por exemplo, é um procedimento que proporciona vários benefícios à pele como controle de oleosidade, moderação da formação de cravos e espinhas e melhora da textura da pele.

Outro exemplo é a limpeza de pele profunda com ácido salicílico, que ajuda a regularizar o excesso de brilho e a formação de lesões de acne no rosto. O procedimento pode levar uma série de ativos, como o ácido salicílico, por exemplo, que tem a capacidade de permeação nos poros, ajudando na remoção da camada queratinizada, sendo indicado para a desobstrução. Contudo, a dermatologista alerta: “Esse ingrediente precisa ser utilizado com muito cuidado para evitar a formação de queimaduras e manchas”. 

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 19 de Dezembro de 2018
Modificada em: 20 de Julho de 2021

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Peeling para acne em casa: pode ser feito? Dermatologista indica como fazer o tratamento com segurança

Peeling para acne em casa: pode ser feito? Dermatologista indica como fazer o tratamento com segurança

Pele oleosa

Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne

Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne

Acne e espinha

Milium sebáceo no rosto e no olho: o que é? São cravos na pele? Entenda as causas e como remover

Milium sebáceo no rosto e no olho: o que é? São cravos na pele? Entenda as causas e como remover

Pele oleosa

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Pele oleosa

Argila verde: para que serve? Conheça 5 benefícios do ingrediente para a pele oleosa com acne e cravo

Argila verde: para que serve? Conheça 5 benefícios do ingrediente para a pele oleosa com acne e cravo

Pele oleosa

Ácido hialurônico em sérum ou creme? Saiba o melhor veículo desse hidratante para a pele oleosa e pele seca

Ácido hialurônico em sérum ou creme? Saiba o melhor veículo desse hidratante para a pele oleosa e pele seca

Pele oleosa

Últimas Matérias

O que causa a acne adulta? Dermatologista explica todos os motivos da formação de cravos e espinhas na pele Manchas nas costas podem ser melasma? Dermatologista indica o melhor tratamento para as marcas Guia do ácido hialurônico: saiba como incluí-lo na rotina de skincare e para que serve! Effaclar Sérum Ultra Concentrado: guia completo de como usar o produto na rotina de skincare da pele acneica Creme para área dos olhos: dermatologista indica o melhor produto hidratante e para rugas Caspa pode causar a queda de cabelo? Saiba como acabar com a perda dos fios e tratar a dermatite seborreica
Ver mais

escolha a loja de sua preferência