Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Bronzeamento natural, rápido e saudável é possível? Saiba como conseguir uma pele dourada nesse verão

É possível conseguir um bronzeado bonito e saudável no verão? Confira a matéria e entenda / Foto: Shifazz Shamoon, Unsplash.com
É possível conseguir um bronzeado bonito e saudável no verão? Confira a matéria e entenda / Foto: Shifazz Shamoon, Unsplash.com

Entrevista com Dra. Carolina Zaparoli , membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Com a chegada do verão, ter a pele bronzeada é o desejo de muita gente. Mas para que a pele fique dourada e saudável, sem descascar ou formar manchas, é importante tomar alguns cuidados na hora de se expor ao sol, ou então, apostar em alternativas artificiais. O DermaClub, junto com a dermatologista Carolina Zaparoli, do Rio de Janeiro, contam 3 formas de conseguir aquela marquinha de biquíni de forma saudável. Confira!

1. Se expor ao sol de forma moderada e com proteção

Para conseguir um bronzeado natural e saudável através da exposição solar, é importante tomar vários cuidados, como aplicar protetor com FPS alto e de amplo espectro em todo o corpo, 20 a 30 minutos antes de se expor ao sol; reaplicar o produto a cada 3 ou 4 horas; evitar os horários em que o sol está mais forte e hidratar a pele depois para manter a cor.

A Drª Carolina explica que não é possível bronzear a nossa pele em apenas um dia: “o bronzeado só vai começar a aparecer 48h a 72 horas após a primeira exposição solar. Este é o tempo necessário para que a melanina - pigmento que dá cor à pele - seja produzida e liberada pelas células”, esclareceu.

2. Jet bronze é alternativa saudável à exposição solar

É a famosa técnica de bronzeamento artificial feita nos salões. Funciona da seguinte forma: o profissional de estética aplica uma mistura de corantes, de acordo com o tom desejado, através de uma máquina de jatos. O tempo que o bronzeado dura vai depender do tipo de pele e dos cuidados de cada pessoa, mas a média é de 7 a 10 dias.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

3. Como opção mais em conta, o autobronzeador também pode entregar excelentes resultados

Os autobronzeadores são cremes à base de uma substância que, quando entra em contato a pele, proporciona um efeito dourado que parece aquele bronzeado feito pelo sol. Esse produto reage apenas na camada mais superficial de pele (a epiderme), e além da cor, costuma manter a pele saudável e hidratada. O efeito desse produto também costuma durar de 7 a 10 dias.

Publicada em: 09 de Janeiro de 2019
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Carolina Zaparoli

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Zaparoli

CRM: 111.618

Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia/SBD, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e AMB, formada pela Universidade Metropolitana de Santos , realizou residência em dermatologia no Hospital Guilherme Álvaro em Santos. Atua na área de Dermatologia clínica, estética, cirúrgica e laser. Participa de todos os principais congressos para estar sempre atualizada nos melhores tratamentos para seus pacientes.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Dermatologista

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Dermatologista

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Dermatologista

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Dermatologista

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Dermatologista

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatologista

Últimas Matérias

Kit de skincare básico para cada tipo de pele: acabe com as dúvidas e saiba como montar o seu! Efeitos da COVID-19 na pele: dermatologista explica como a doença também pode se manifestar no corpo Entenda a diferença entre os 3 séruns anti-idade de La Roche-Posay: Salicyli C10, Retinol B3 e Hyalu B5 Repair Heróis da vida real: relato de um dermatologista que trabalha na linha de frente contra a COVID-19 Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar
Ver mais