Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Como lavar o cabelo corretamente: confira os melhores e piores hábitos na hora da lavagem dos fios

Confira a matéria e saiba como lavar o cabelo corretamente! / Foto: Autri Taheri, Unsplash.com
Confira a matéria e saiba como lavar o cabelo corretamente! / Foto: Autri Taheri, Unsplash.com

Entrevista com Dra. Betina Stefanello, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Lavar o cabelo pode parecer algo muito simples. Mas a verdade é que precisamos tomar alguns cuidados para que o ritual seja feito corretamente, sem precisar agredir os fios ou prejudicar o couro cabeludo, deixando a região oleosa ou ressecada demais. Você sabe o que pode e o que não deve ser feito durante essa limpeza? O DermaClub conversou com a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro, que esclareceu todas as dúvidas.

Lavar o cabelo todo o dia pode danificar os fios?

Pode sim. A médica explica que, dependendo do produto que for utilizado, você estará removendo toda a proteção tanto dos fios, quanto do couro cabeludo. “Então é importante ter uma mínima oleosidade para que os fios fiquem saudáveis e de acordo com a ordem dos cosméticos a serem usados, você pode abrir as cutículas, deixar o cabelo poroso e danificado”. Deste modo, o ideal é usar os produtos certos e definir um cronograma de limpeza de acordo com o seu tipo de cabelo.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Faz mal lavar o cabelo com água quente?

De acordo com a Dra. Betina, não existe uma temperatura ideal. “Mas o indicado seria usar água morna, porque quanto mais quente mais você resseca o couro cabeludo e os fios. Além disso, a água quente pode causar vários tipos de dermatite, como a seborreica”. No fim do ritual você também pode investir naquele jato de água fria para fechar as cutículas e ter um cabelo muito mais brilhoso.

Podemos ficar muito tempo sem lavar o cabelo?

A dermatologista alerta. “Não podemos ficar muito tempo sem lavar o cabelo por vários motivos: vai acumular mais gordura, uma série de resíduos e tudo isso pode causar o desencadeamento de vários tipos de dermatite, como a seborreica e de contato”. Então o ideal é que a gente acerte a frequência de lavagem, de acordo com as características de cada cabelo - seja seco, oleoso ou misto.

Dá para usar shampoo com sulfato em todas as lavagens?

Antigamente se usava muito shampoos com sulfato, pois não existia essa proposta que hoje em dia muitas pessoas vêm buscando, que é evitar uso de produtos químicos e com detergentes. “Então pelo sulfato ser um detergente muito forte, responsável por fazer espuma e limpar mais profundamente, o ideal é apostar em shampoos livres dessa substância”, explicou. Não que o ingrediente vá fazer mal para todos os cabelos, mas também pode não fazer bem para algumas pessoas.

Podemos aplicar shampoo diretamente nos fios?

Segundo a médica, existem shampoos para fios e para o couro cabeludo. “Então, poder você pode, mas desde que seja o produto adequado para o tratamento daquela região”, esclarece. Por isso, fique atento às características dos produtos antes de usá-los para evitar o ressecamento e as pontas duplas.

Podemos usar a máscara de hidratação ao invés do condicionador?

Existe uma ordem correta de aplicação de produtos para o cabelo: “Começamos com o uso shampoo e se você quiser fazer uma hidratação, basta secar um pouco os fios com a toalha e aplicar a máscara - já que as cutículas vão estar abertas após o uso do shampoo - e, por fim, você fecha as cutículas com o condicionador”. Essa é a rotina ideal para manter os fios bonitos, fortes e brilhosos. Porém, a ordem dos produtos não altera o resultado final, e vale reforçar que a máscara pode, sim, substituir o condicionador.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 10 de Agosto de 2018
Modificada em: 21 de Julho de 2021

Dra. Betina Stefanello

Palavra do Dermatologista

Dra. Betina Stefanello

CRM: 52-913715

Médica graduada pela Universidade Federal De Santa Catarina, pós-graduação em dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay Da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Título de especialista de dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD. Internship in Skin Cancer in Santa Maria Nuova Reggio Emilia e dermatology in Hôpital L’arche in Nice. Chefe do setor de Cosmiatria do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay. Sócia da Clínica de Dermatologia Les Peaux no Rio de Janeiro. Autora de diversos artigos e capítulos de livro na área de Cosmiatria.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Dermatologista

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Dermatologista

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Dermatologista

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Dermatologista

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Dermatologista

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência