Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Protetor solar: como usar? O que é FPS? Proteção química ou física? Saiba tudo sobre este cuidado com a pele

Confira a matéria e saiba tudo sobre protetor solar / Foto: Dani Vivanco, Unsplash.com
Confira a matéria e saiba tudo sobre protetor solar / Foto: Dani Vivanco, Unsplash.com

Redação por Livia Dambrosio

Você usa filtro solar? Esse gesto tão importante na rotina de cuidados com a pele, é evitado na rotina de 8 em cada 10 brasileiros, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia. Passar esse produto todos os dias previne muitos problemas sérios, como as manchas escuras de melasma, pintas solares, envelhecimento precoce e casos de câncer da pele, como o melanoma. Mas qual é a maneira certa de usar o protetor? Como escolher o dermocosmético ideal para o seu tipo de pele? O DermaClub conversou com o seu time de dermatologistas que esclareceu o assunto. Veja só!

1. Qual é a importância de usar o protetor solar?

Cerca de 90% dos casos de câncer de pele estão relacionados a essa exposição solar. E a maioria dos sinais de envelhecimento da pele, como manchas e rugas, acontecem por este motivo. Para evitar casos como estes, a dermatologista Vanessa Metz, do Rio de Janeiro, indica o que fazer: “O filtro solar deve ser um hábito iniciado a partir dos 6 meses de idade e mantido por toda a vida, independentemente dos dias de sol ou chuva, inclusive em lugares fechados”, afirmou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

1.1. Quais são os benefícios do protetor solar?

- Deixa a pele mais macia e viçosa;
- Previne a formação de manchas solares e de melasma;
- Previne o envelhecimento precoce;
- A pele fica mais luminosa;
- Previne o surgimento de rugas e linhas de expressão;
- Evita a flacidez.

2. Tipos de protetor solar e como usar

2.1. Filtro solar físico ou químico?

Químico: possui moléculas que absorvem a radiação ultravioleta - de alta energia - transformando-a em radiação de baixa energia. Assim, ele cria uma proteção química na camada cutânea, reagindo com a radiação solar e transformando-a em uma energia menos nociva para a pele.

Físico: também chamado de inorgânico, é composto por minerais, como óxido de ferro, dióxido de titânio e óxido de zinco, que ficam sobre a pele sem absorção. Com a cobertura, os raios batem e são refletidos pelo filtro. É ideal para crianças, pessoas alérgicas e grávidas, já que sua formulação não se funde com a pele.

2.2. Como passar filtro solar?

Para o dia a dia, o ideal é usar o filtro nas áreas mais expostas. Com os dedos limpos, aplique o produto espalhando bem por todo o rosto, nas orelhas, pescoço, linha do cabelo e nas mãos. Em ocasiões de alta exposição solar, como uma ida à praia ou piscina, por exemplo, aplique o equivalente a três colheres de sopa pelo corpo todo.

Além disso, a Sociedade Brasileira de Dermatologia indica reaplicar o protetor no intervalo de duas em duas horas para garantir a proteção da pele.

2.3. Características que seu protetor solar precisa ter

- FPS: é o fator de proteção contra os raios UVB. Para garantir uma boa defesa, o protetor precisa ter FPS 30, no mínimo.

- PPD: forma de medir a proteção contra os raios UVA. O PPD precisa ser no mínimo 1/3 do FPS.

- Amplo espectro: que oferece proteção tanto contra os raios UVA quanto UVB.

3. Protetor solar com ação clareadora

De acordo com a dermatologista Luciana Kalache, de Curitiba, todos os protetores solares ajudam a melhorar a aparência escura das manchas na pele, assim como prevenir o aparecimento de outras novas. No entanto, para quem já tem muitas dessas marquinhas, vale o investimento num filtro que já possua ação clareadora, para diminuir o seu aspecto de forma mais rápida. Aposte em protetores com ativos clareadores.

4. Problemas que o protetor solar ajuda a prevenir

O protetor solar ajuda a evitar vários problemas, como:

- Envelhecimento precoce;
- Manchas de melasma;
- Manchas solares;
- Queimaduras solares;
- Acne solar;
- Câncer da pele.

5. Barreiras físicas substituem o filtro solar?

As barreiras físicas são bem diferentes do filtro solar e não substituem a ação do produto, mas auxiliam na defesa contra a radiação. Elas são ferramentas e acessórios que protegem a pele contra os raios solares. Dentre eles, podemos citar:

- Guarda-sol;
- Óculos escuros;
- Chapéus;
- Roupas com proteção UV.

6. Mitos e verdades do protetor solar

6.1. Não é preciso passar filtro solar em dias nublados ou chuvosos

Mito. De acordo com a dermatologista Tatiane Curi, de São Paulo, A radiação ultravioleta, também tem grande incidência na atmosfera em dias nublados. De acordo com a médica, “estudos indicam que os raios UVA podem passar através das nuvens. Ou seja, podemos estar expostos a altos níveis de radiação mesmo em dias sem sol”, afirmou.

6.2. É necessário aplicar o protetor mais de uma vez ao longo do dia

Verdade. A profissional avisa: “O protetor solar, mesmo à prova d'água ou resistente ao suor, pode perder sua eficácia em até 50% quando não é reaplicado ao longo do dia”. Isso significa que para garantir uma boa proteção, reaplique o produto a cada 2 a 3 horas para manter sua eficácia.

6.3. O protetor solar ajuda a prevenir o envelhecimento

Verdade. Os raios UVA são responsáveis pelo envelhecimento da pele, por conseguir atingir a camada mais profunda da derme, destruindo as fibras de colágeno e elastina. Com isso, a Dra. Tatiane afirma que, “os filtros solares protegem contra a radiação ultravioleta B - responsável por queimar a pele - e possuem um índice de proteção, chamado PPD, que protege dos raios ultravioleta A, evitando o envelhecimento precoce, a flacidez e as rugas.”

6.4. Devo passar protetor solar apenas no rosto

Mito! Não só no rosto, mas todas as partes expostas do corpo - rosto, orelhas, braços e mãos - devem utilizar filtro solar. “Quem tem cabelos curtos, precisa também aplicar nas orelhas. Calvos ou pessoas com poucos cabelos devem utilizar bonés e filtros solares específicos para áreas pilosas”, alertou.

6.5. Quem tem pele negra não precisa usar filtro solar

Mito! Para todos os fototipos a aplicação e reaplicação do filtro solar é fundamental. “Porém, a pele negra, por ter uma maior facilidade em manchar ou pigmentar, deve utilizar, na maioria das vezes, um filtro com cor”, afirmou a Dra. Katleen, do Rio de Janeiro.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 13 de Agosto de 2018
Modificada em: 28 de Julho de 2021

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Manchas na pele

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Manchas na pele

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Manchas na pele

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Manchas na pele

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Manchas na pele

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Manchas na pele

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência