Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Zinco + pele oleosa: conheça os benefícios do ativo mineral para quem tendência ao brilho excessivo no rosto

Conheça as vantagens do zinco para a pele oleosa e saiba onde encontrá-lo no dia a dia
Conheça as vantagens do zinco para a pele oleosa e saiba onde encontrá-lo no dia a dia

Entrevista com Dra. Tatiana Nogueira Matos , membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Com certeza, você já ouviu falar sobre zinco em algum momento da sua vida. Porém, sabia que, além da tabela periódica, esse elemento é superimportante para a saúde da pele, especialmente para a oleosa? A substância é fundamental no processo de cicatrização das lesões de espinhas, além de possuir um efeito anti-inflamatório. Quer saber outros benefícios desse ativo? A dermatologista Tatiana Matos, da Bahia, contou para o DermaClub.

A falta de zinco pode refletir em vários problemas para a pele

O zinco está presente em quase todo o corpo. Suas enzimas se concentram nos ossos, unhas, cabelo e, principalmente, no sangue e na pele. A falta desse elemento pode levar à muitas complicações, como cicatrização lenta, aumento da oleosidade, aparecimento de espinhas, eczema e psoríase. Por isso, o zinco é tão crucial para manter a pele viçosa, bonita e, principalmente, saudável.

Entenda os efeitos desse mineral para a pele com acne, queimaduras e outras lesões

Uma das funções mais importantes do zinco é estimular o trabalho dos glóbulos brancos do sangue. Eles são fundamentais para o sistema imunológico, agindo no processo de defesa do organismo contra diversas agressões, como queimaduras e feridas, que surgem na pele. De acordo com a Dra. Tatiana, dessa forma, a substância também é uma forte aliada para o tratamento da acne, já que diminui o processo inflamatório das lesões de espinhas. “O zinco também ajuda a aumentar o tempo de efeito da toxina botulínica, em prol do rejuvenescimento do rosto”, explicou.

Os benefícios que o zinco oferece para a pele oleosa

O ativo é eficaz para muitos quadros dermatológicos, mas quem acaba aproveitando melhor os benefícios do zinco, sem dúvidas, são as pessoas que têm tendência à oleosidade. Isso porque o mineral é responsável por organizar a queratinização da pele, colaborando com o controle da secreção sebácea. “A queratina produzida, normalmente, obstrui os poros, resultando na formação da acne. Assim, a substância regula a produção de brilho e, consequentemente, a formação de cravos e espinhas”, contou a médica.

Onde encontrar o zinco no dia a dia?

Deu para perceber que o zinco tem ações importantes para a saúde de todo organismo. Mas, como podemos aproveitar os benefícios do ativo ao longo do dia? Existem muitos dermocosméticos que o possuem na composição e, por isso, é importante conversar com um dermatologista para descobrir as melhores opções para as suas necessidades. Uma das alternativas é investir em produtos à base de zinco, que minimizam o brilho da pele e ainda agem como tratamento para a pele oleosa.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 20 de Setembro de 2017
Modificada em: 27 de Julho de 2021

Dra. Tatiana Nogueira Matos

Palavra do Dermatologista

Dra. Tatiana Nogueira Matos

CRM: BA16601

Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia/SBD, formada pela Universidade Federal da Bahia , realizou residência em clínica médica no Hospital Santo Antônio/ Ba e dermatologia na Universidade de Santo Amaro/ São Paulo. Atua na área de Dermatologia clínica, estética, cirúrgica e laser. Participa de todos os principais congressos nacionais e internacionais para estar sempre atualizada nos melhores tratamentos para seus pacientes.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Milium sebáceo no rosto e no olho: o que é? São cravos na pele? Entenda as causas e como remover

Milium sebáceo no rosto e no olho: o que é? São cravos na pele? Entenda as causas e como remover

Pele oleosa

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Dermatologista

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Pele oleosa

Argila verde: para que serve? Conheça 5 benefícios do ingrediente para a pele oleosa com acne e cravo

Argila verde: para que serve? Conheça 5 benefícios do ingrediente para a pele oleosa com acne e cravo

Pele oleosa

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Dermatologista

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência