A queda de cabelo exagerada é uma condição de assusta muita gente. Os especialistas afirmam que é normal perder até 100 fios por dia, mas quando notamos que essa queda tem sido constante e bastante intensa, é necessário procurar ajuda. Afinal de contas qual é o motivo da queda de cabelo? Como podemos evitar? O DermaClub entrevistou seu time de médicos dermatologistas, que esclareceram as melhores maneiras de tratar a complicação.

1. Por que o cabelo cai?

Talvez você não saiba, mas todo cabelo possui um ciclo de crescimento e queda. Porém, quando toda sua estrutura está fragilizada - desde a raiz até as pontas - os fios quebram e tendem a cair mesmo fora da fase de queda. Tal problema costuma acontecer em pessoas que fazem muitos procedimentos químicos, por exemplo. Mas além dos fatores locais, a queda também pode estar relacionada com questões de saúde, como falta de vitaminas, estresse, anemia, hormônios e dermatite seborreica (caspa).

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Quais são as causas da queda de cabelo?

De acordo com a dermatologista Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, a queda de cabelo pode acontecer por conta de diversos fatores. A dermatologista também fala que é importante observar constantemente a movimentação dos seus fios, pois a maioria das quedas não acontecem exatamente no momento em que o fator desencadeante está ocorrendo, as consequências aparecem após três meses do episódio em questão.

2. 1. Secador e chapinha: proporcionam a quebra e a queda de cabelo, principalmente para as pessoas que possuem fios mais frágeis e ralos. Se você vem notando que está perdendo muitos cabelos com a chapinha e o secador, interrompa o uso imediatamente.

2. 2. Estresse: pode causar a queda intensa dos fios. Esse problema pode acontecer após traumas físicos e emocionais, depois da gestação ou algumas doenças e infecções.

2. 3. Procedimentos químicos: se você fez uma escova progressiva, relaxamento, pintou ou descoloriu as madeixas e está perdendo muitos fios, o ideal é dar um tempo nesses procedimentos e adotar uma rotina de cuidados com o cabelo.

2. 4. Doenças no couro cabeludo: alopécia, foliculite, dermatite seborreica são doenças que causam a queda de cabelo. Se você notar falhas no couro cabeludo, procure o quanto antes um dermatologista para solucionar o problema.

3. O que é alopecia?

A Drª Gabriella explica: “A doença se caracteriza pela redução dos cabelos que pode ser através da queda ou da diminuição no seu surgimento”, explicou. Neste caso, é fundamental reparar se você está apenas perdendo os cabelos ou se além disso não estão nascendo novos. O problema costuma provocar grandes falhas na região, deixando o couro cabeludo à mostra.

4. Queda de cabelo após a gestação

No decorrer da gravidez, as alterações hormonais fazem com que a queda natural dos fios diminua. Depois que o bebê nasce, cerca de três meses após o parto, todos os hormônios se normalizam e aquele cabelo todo que não caiu quando você estava grávida, finalmente começa a cair.

5. A caspa pode causar a queda de cabelo?

Pode sim e isso se deve ao quadro inflamatório do couro cabeludo. A Drª Lilia Guadanhim, de São Paulo, esclarece: “Muitas vezes observamos também que pacientes que já sofrem de queda capilar têm receio de lavar os cabelos e acabam tendo uma piora do quadro de caspa e a perda dos fios se agrava ainda mais”, atentou.

5. Sinais de alerta para a queda de cabelo

A Drª. Gabriella afirma que devemos sempre observar os momentos em que acontece a queda dos fios. “é importante notar se estão aparecendo tufos no travesseiro ou no chão onde da nossa casa, principalmente do quarto”. Se isso anda acontecendo com você, o ideal é procurar um dermatologista para diagnóstico e tratamento.

6. Produtos para controlar a queda de cabelo:

- Shampoo antiqueda
- Shampoo esfoliante
- Máscara de hidratação
- Creme de limpeza capilar
- Ampola de hidratação
- Condicionador antiqueda e quebra

7. Mitos e verdades sobre queda de cabelo

7. 1. O uso de shampoo antiqueda funciona no tratamento?

Verdade, mas não é a única solução. A dermatologista Sineida Berbert, do Paraná, explica que o shampoo antiqueda é um excelente coadjuvante no tratamento da queda de cabelo. Junto com ele, muitas vezes é necessário apostar em um medicamento tópico ou oral.

7. 2. O estresse pode causar a queda dos fios?

Verdade. A profissional esclarece que o estresse é uma das principais causas de queda de cabelos. “Em situações estressantes existe uma maior secreção do hormônio cortisol, levando uma perda maior do cabelo”, contou.

7. 3. Ao contrário do que dizem, a química não pode causar a queda dos fios?

Mito. “O uso de coloração, alisamentos e progressivas, assim como o secador e a chapinha, podem levar à queda, assim como podem produzir um processo de dermatite de contato e induzir a perda dos fios”, atentou a dermatologista.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.