Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Alergia, micose ou dermatite atópica: saiba como diferenciar cada uma dessas doenças de pele

Confira a matéria e saiba a diferença entre dermatite, alergia e micose na pele / Foto: Pexels
Confira a matéria e saiba a diferença entre dermatite, alergia e micose na pele / Foto: Pexels

Entrevista com Dra. Carolina Reato Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Sentir uma coceira na pele pode significar muitas coisas. Além do sintoma ser comum de uma alergia simples, também existe a probabilidade de ser uma micose ou dermatite atópica. Por outro lado, existem muitas outras características que diferenciam essas três doenças de pele. O DermaClub entrevistou a dermatologista Carolina Marçon que explicou uma maneira fácil de como distinguir essas complicações. Dá só uma olhada!

Diferenças entre alergia, micose e dermatite atópica

Dermatite atópica: “É uma condição cutânea geneticamente determinada, na qual acontece uma alteração de função de barreira da pele”, explicou. Ocorre uma perda de água transepidérmica com maior frequência, e com a falta de proteção, a dermatite acaba dando seus primeiros sinais. Ela costuma acontecer na infância, mas também pode se prolongar para a vida adulta. Essa condição clínica, está diretamente ligada ao desequilíbrio dos microrganismos que estão presentes na pele.

Micose: é uma infecção fúngica na pele que pode acontecer em várias regiões da pele. Existem vários tipos de micose e elas costumam aparecer mais no verão, já que o clima quente favorece a proliferação dos fungos.

Alergia: “Também é conhecida como dermatite de contato, que acontece quando a pele reage a um produto ou objeto que entra em contato direto com a região, como o uso de um dermocosmético, esmalte, bijuteria, etc”, alertou a médica.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Quais são os principais sinais que cada um dos problemas apresenta?

Dermatite atópica: muita coceira, ressecamento, risco de infecção e agravamento do quadro. É mais comum nas regiões de dobras, como no cotovelo e joelho.

Micose: é uma lesão arredondada que tem bordas e vai crescendo de dentro para fora. Elas podem ser brancas, na extensão do corpo, ou mais escamosas e com formação de bolhas, na região dos pés.

Alergia: coceira, bolinhas vermelhas e irritação na região que foi afetada.

Como funciona o tratamento para cada quadro?

Dermatite atópica: a Drª Carolina diz que o melhor remédio para esse problema é evitar banhos quentes, hidratar a pele com dermocosméticos que ajudam a reforçar a barreira da pele, não usar bucha, usar sabonetes neutros e não usar produtos com perfume. Como tratamento, é comum utilizar algum anti-inflamatório de uso tópico receitado pelo dermatologista.

Micose: o tratamento é feito com antifúngicos de uso tópico nas micoses mais simples e orais nas lesões mais graves. Também é bom evitar o uso de roupa molhada e apostar em sapatos abertos.

Alergia: Suspender o uso ou afastar o agente que está causando essa reação na pele para que não ocorra mais essa alergia. Para tratar as lesões que são formadas, a dermatologista recomenda o uso tópico de corticóide e anti-inflamatório oral.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 02 de Outubro de 2020
Modificada em: 02 de Outubro de 2020

Dra. Carolina Reato Marçon

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Reato Marçon

CRM: 113.379

Especialização em Clínica Médica e Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Médica Colaboradora do Setor de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Coordenadora do Programa Pró-Albino; Fellowship em Cosmiatria - Dr. Zoe Draelos, Carolina do Norte - EUA; Fellowship em Tricologia - Universidade de Bolonha, Itália - Prof. Antonella Tosti; Fellowship em Dermatoscopia e Microscopia Confocal - Universidade de Modena / Reggio Emilia, Itália; Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Academia Americana de Dermatologia e do Colégio Ibero-Latinoamericano de Dermatologia

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

A minha pele está sensível? Coceira, descamação, irritação na pele: 5 sinais de sensibilidade + como tratar

A minha pele está sensível? Coceira, descamação, irritação na pele: 5 sinais de sensibilidade + como tratar

Dermatologista

Jato de plasma: benefícios + como cuidar da pele após o procedimento que trata acne, manchas e rugas

Jato de plasma: benefícios + como cuidar da pele após o procedimento que trata acne, manchas e rugas

Dermatologista

Como tirar manchas do rosto: dermatologista indica 10 ativos que realmente funcionam

Como tirar manchas do rosto: dermatologista indica 10 ativos que realmente funcionam

Dermatologista

AHA: entenda o que são e quais os benefícios dos alfa-hidroxiácidos para a pele do rosto

AHA: entenda o que são e quais os benefícios dos alfa-hidroxiácidos para a pele do rosto

Dermatologista

Acne da mulher adulta: cravos e espinhas vs. rugas - dermatologista dá dicas de como combater

Acne da mulher adulta: cravos e espinhas vs. rugas - dermatologista dá dicas de como combater

Dermatologista

Novos hábitos de saúde e beleza com o fim da quarentena: dermatologista indica como serão os cuidados

Novos hábitos de saúde e beleza com o fim da quarentena: dermatologista indica como serão os cuidados

Dermatologista

Últimas Matérias

Dia do médico: conheça a origem dessa data e a importância desses profissionais para o sistema de saúde Preenchimento de olheiras profundas com ácido hialurônico: 6 dúvidas sobre o procedimento Ácido para tirar manchas do rosto: saiba como funcionam os AHAs para conquistar uma pele uniforme "Mascne": máscara de proteção pode causar espinhas? Dermatologista explica como tratar e prevenir essas lesões O tratamento oncológico e as consequências na pele Como e por que devemos cuidar da pele durante o tratamento de radioterapia?
Ver mais