Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

MINÉRAL 89 30ML DE R$119,90 POR R$99,90. APROVEITE AGORA

Manchas vermelhas: quais são as doenças que apresentam esta característica na pele como sintoma?

Manchas vermelhas podem ser as primeiras alterações na pele que sinalizam algumas doenças cutâneas ou sistêmicas
Manchas vermelhas podem ser as primeiras alterações na pele que sinalizam algumas doenças cutâneas ou sistêmicas

Entrevista com Dra. Marilu Tiúba, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Você percebeu recentemente uma mancha vermelha na sua pele, que surgiu acompanhada por algum sintomas como coceira, inchaço ou ardência? A verdade é que esses sinais podem aparecer por vários motivos, mas, geralmente, estão associadas a doenças como psoríase, micose, dermatoviroses e alergias. Para esclarecer melhor o assunto e entender os motivos das manchas vermelhas na sua pele, o DermaClub entrevistou as dermatologistas Tatiana Matos e Marilu Tiuba, de Salvador, que indicaram as possíveis soluções para tratar essas marcas. Confira!

Por que manchas vermelhas aparecem na pele?

De acordo com a Drª Tatiana, existem muitas causas para o surgimento de manchas vermelhas na pele: “Desde uma dermatite atópica, ressecamento, infecção por fungos ou até mesmo doenças sistêmicas, como lúpus”, atenta. Se você perceber esse sintoma na sua pele, é importante nunca se automedicar e sempre procurar ajuda do dermatologista!

Mas, para esclarecer melhor, a dermatologista Marilu esclarece com mais detalhes as causas mais comuns das manchas vermelhas na pele:

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Dermatoviroses

“Zika e Dengue são exemplos de doenças nas quais as manchas vermelhas podem surgir em todo corpo e ainda são acompanhadas de coceira, assim como a rubéola”, disse. Nestes casos, o repouso é necessário - especificamente, a rubéola apresenta risco de contágio para outras pessoas. Assim, o acompanhamento médico é essencial.

Psoríase

A psoríase é representada por placas vermelhas, descamativas, de aspecto esbranquiçado e coceira, sendo mais comum em adultos, e não é contagiosa. A dermatologista afirma que para o tratamento dessa doença é necessário uma análise minuciosa, pois cada caso é diferenciado devido às características de cada pessoa.

Alergias

As alergias podem ter causas variadas e, geralmente, possuem manchas vermelhas como um dos sintomas. Alimentos como amendoim, frutos do mar e corantes, medicamentos e picadas de insetos podem ser responsáveis pelo surgimento de marcas avermelhadas na corpo. “Estas lesões podem surgir de forma pontual ou em placas, planas ou em alto relevo” contou. O tratamento varia de acordo com a intensidade e extensão do quadro e, assim, podem ser utilizados corticoides e antialérgicos.

Micoses

“As lesões causadas por fungos, em geral, são vermelhas, com coceira e descamação. No entanto, nem toda lesão é micose. É comum confundir com casos de psoríase, por exemplo. Por isso, é importante consultar um dermatologista e não se automedicar, a fim de investir no tratamento correto”, disse.

Câncer de Pele

A Dra. Marilu afirma que manchas vermelhas também podem sugerir sintomas de câncer de pele, como o carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular ou melanoma. “Deve-se ficar atento às lesões que sangram, ficam com irritação persistente ou sofrem mudança do seu aspecto inicial. Esse tipo de mancha costuma aparecer em áreas mais expostas ao sol, como braços, pernas e rosto”, contou. O diagnóstico e a abordagem terapêutica, nesses casos, podem ser decisivos no que diz respeito ao tratamento, principalmente, em quadros de melanoma.

Dermatite atópica

É uma doença de predisposição genética e crônica - isso significa que não existe uma cura ou tratamento, apenas controle - e que deixa a pele seca, com erupções que causam coceira, manchas vermelhas e crostas. Seu surgimento é mais comum nas áreas de dobras dos braços e na parte de trás dos joelhos. Embora muitas pessoas tenham receio, ela não é uma doença contagiosa. O problema também é associado à asma ou rinite alérgica, com manifestações que podem variar.

Lúpus

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), lúpus é uma doença autoimune muito rara que causa danos na pele, como as manchas vermelhas, mas que pode atingir os órgãos internos - como coração, pulmão, articulações, etc. O problema é crônico e precisa ter um tratamento contínuo e monitorado constantemente por um dermatologista para avaliar a atividade da doença.

Como prevenir as manchas vermelhas na pele

A maioria dos casos pode ser prevenido com o uso de produtos hidratantes com ativos prebióticos, como é o caso da sensibilidade e alergias, uma boa limpeza da pele, quando falamos de micoses, e o uso diário do filtro solar, para o câncer de pele.

No entanto, uma vez que essas manchas aparecem na sua pele, devem ser avaliadas pelo especialista, que realizará o diagnóstico, orientando e tratando cada caso da forma correta.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Produtos relacionados

Publicada em: 21 de Julho de 2017
Modificada em: 12 de Março de 2020

Dra. Marilu Tiúba

Palavra do Dermatologista

Dra. Marilu Tiúba

CRM: 15146

Graduada pela Escola Bahiana de Medicina e especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Sempre atualizada, participa de diversos congressos nacionais e internacionais.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele

Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele

Manchas na pele

Shampoo anticaspa: posso usar todos os dias? Resseca o couro cabeludo? Entenda!

Shampoo anticaspa: posso usar todos os dias? Resseca o couro cabeludo? Entenda!

Dermatite

Queimadura solar pode se tornar uma mancha? Dermatologista esclarece o assunto

Queimadura solar pode se tornar uma mancha? Dermatologista esclarece o assunto

Manchas na pele

Rosácea, sensibilidade, dermatite: 5 problemas na pele que surgem com o desequilíbrio do microbioma

Rosácea, sensibilidade, dermatite: 5 problemas na pele que surgem com o desequilíbrio do microbioma

Dermatite

Dermatite atópica no verão: como cuidar? Dermatologista indica uma rotina de skincare

Dermatite atópica no verão: como cuidar? Dermatologista indica uma rotina de skincare

Dermatite

Manchas roxas na pele: o que podem ser? Dermatologista esclarece as possíveis causas do problema

Manchas roxas na pele: o que podem ser? Dermatologista esclarece as possíveis causas do problema

Manchas na pele

Últimas Matérias

Sabonete para dermatite atópica: dermatologista explica como escolher a melhor fórmula Botox preventivo: desvende 5 mitos e verdades sobre o procedimento Peptídeos: 5 benefícios dessas moléculas na sua rotina de cuidados com a pele Microbioma da pele: o que é? Entenda o que são cuidados prebióticos, probióticos e pós-bióticos Esfoliante para o couro cabeludo: ajuda com a caspa? Resseca o cabelo? 4 mitos e verdades sobre o assunto Queratina: o que é? Qual é a função da queratina nos cabelos? Como usar na rotina de cuidados capilar?
Ver mais